Notas: Ayrton, Jadson e Robinho se destacam em vitória, mas atuação do Flu não convence

Tricolor venceu a primeira no ano, mas desempenho da equipe deixou a desejar

Notas: Ayrton, Jadson e Robinho se destacam em vitória, mas atuação do Flu não convence
Foto: Mailson Santana/Fluminense FC

Não foi fácil, mas o Fluminense finalmente conquistou a primeira vitória na temporada. Com gols de Marcos Júnior e Pedro, o Tricolor bateu o Madureira pela 4ª rodada da Taça Guanabara, em Los Larios, e se mantém vivo na briga por classificação para as semifinais. 

Com a vitória, o Fluminense saiu da lanterna do Grupo C e subiu para a quarta posição com cinco pontos, um atrás de Boavista e Portuguesa, segundo e terceiro colocados, respectivamente, e que se enfrentam na próxima rodada. 

Mais uma vez o técnico Abel Braga apostou no esquema 3-5-2. A defesa tricolor voltou a vacilar no jogo aéreo e sofreu o gol desta forma. Entretanto, ofensivamente o Fluminense não teve dificuldades no ataque com o apoio dos laterais, especialmente Ayrton Lucas que criou boas jogadas pela esquerda. Sem Sornoza, o treinador apostou em Robinho, que havia sido um dos destaques do time no primeiro tempo e saiu no intervalo com uma lesão no tornozelo. 

Confira as notas da VAVEL Brasil sobre a atuação do Flu:

Júlio César: 5,5

Não teve culpa no gol do Madureira e quando foi exigido fez boas defesas, algumas em situação de frente para o adversário. 

Renato Chaves: 5,5

Diferentemente dos últimos jogos, foi bem no jogo aéreo e teve uma atuação segura. 

Gum: 5,5

Teve boa atuação, praticamente sem falhas. O único erro foi não acompanhar o marcador na primeira trave no lance que originou o gol de empate do Madureira. 

Ibañez: 6,0

O zagueiro mais lúcido do time. Mais uma boa atuação e sem falhas, outra vez mostrando mais qualidade que seus companheiros de zaga. Deu azar em lesionar no segundo tempo. 

Gilberto: 3,5

Mais uma vez não conseguiu aproveitar bem a liberdade que o esquema ofereceu. Foi bastante acionado pela direita, mas não conseguiu fazer boas jogadas. Além disso, falhou na jogada que originou o gol do Madureira, perdendo a bola na defesa, e não acompanhou William, autor do gol. 

Richard: 5,5

Retornou de lesão e estreou na temporada com boa atuação. Não fez mais do que alguns desarmes e toques para o lado, e teve bom posicionamento. 

Jadson: 6,5

Foi um dos destaques da equipe na partida. Com a bola no pé, dava mais qualidade a equipe. Conseguiu gerar boas jogadas, como no lance que originou o gol de Marcos Júnior, quando lançou Ayrton Lucas pela ponta esquerda. 

Robinho: 6,5

Assim como Jadson, foi um dos destaques do time no primeiro tempo. Quando com a bola no pé, criou boas jogadas e o Fluminense conseguiu levar perigo. Foi um dos poucos lúcidos enquanto esteve em campo. Foi substituído no intervalo com uma torção no tornozelo. 

Ayrton: 7,0

Outro que foi um dos destaques da equipe. Aproveitou muito bem a liberdade do esquema com três zagueiros e quando apoiava o ataque gerava as jogadas mais perigosas. Deu a assistência para o gol de Marcos Júnior e no segundo tempo quase marcou um gol. 

Marcos Júnior: 6,0

Fez o primeiro gol do Fluminense na partida e teve boa atuação. Se movimentou bastante e foi bastante participativo no primeiro tempo.

Pedro: 6,0

Apesar de algumas dificuldades, marcou o gol da vitória e foi bastante participativo no segundo tempo. 

Caio (0'/2º tempo): 5,0

Volante de origem, demorou a acertar o posicionamento em campo. Porém, foi se acertando aos poucos e conseguiu ajudar na saída de bola e na marcação. 

Frazan (7'/2º tempo): 5,5

Entrou no lugar de Ibañez e teve atuação segura. A fragilidade do ataque do Madureira contribuiu para não ter tanto trabalho. 

Matheus Alessandro (28'/2º tempo): 5,0

Deu mais velocidade a equipe e conseguiu criar espaços na frente. Porém, faltou olhar mais o posicionamento dos companheiros durante as construções das jogadas.