Abel celebra primeira vitória e rasga elogios a Pedro: ''Acima de 90% dos atacantes de área do país''

Técnico vê evolução do time e destaca atuações de Pedro e Ayrton

Abel celebra primeira vitória e rasga elogios a Pedro: ''Acima de 90% dos atacantes de área do país''
Foto: Mailson Santana / Fluminense

O Fluminense, enfim, desencantou no ano. Neste domingo (28), o Tricolor bateu o Madureira por 2 a 1, em Los Larios, com gols de Marcos Junior e Pedro. De quebra, ainda vai para a última rodada com chances de classificação às semifinais da Taça Guanabara. A vitória, na visão do técnico Abel Braga, dará mais tranquilidade aos jogadores para a sequência do Carioca:

''Hoje ficou muito nítido que faltou um pouco de malandragem. Tivemos oportunidade de fazer o terceiro gol, time foi egoísta. Se faltou isso, sobrou competição. Madureira é um time difícil, experiente e gosta de jogar. A vitória dá uma moral, um estofo. Ficamos mais leves'', resumiu.

Abel também rasgou elogios ao atacante Pedro, autor do gol da vitória. Ele tem tido a missão de substituir Henrique Dourado, que está de saída do clube:

''No jogo passado (contra a Portuguesa) não foi o melhor, mas o jogador mais avançado, se a bola não chega, a responsabilidade é zero. Ele não tem culpa se a bola não chega. Hoje chegou e ele botou duas para dentro, uma impedido. Ele é diferenciado. Tem alguns degraus a subir. Pode escrever. Falo sem qualquer dúvida: O Pedro tecnicamente está acima de 90% dos atacantes de área do país. Pode jogar mais próximo do volante, pra mexer com os centrais, pode jogar de lado. Ele está subindo. Jogando, a tendência é jogar mais ainda.''

Além do Pedro, outro que teve atuação destacada pelo treinador foi o lateral-esquerdo Ayrton:

''Chamou a atenção de todo mundo. Por isso que às vezes não pode precipitar. Por isso ainda estou em dúvida com uns jogadores se devo emprestar ou não. Ele já foi colocado em 2015, ou 16, ainda não tinha a simpatia da torcida. Ele fez um ano ótimo no Londrina, com a permanência do Marlon falei que não precisava de lateral. Estou feliz por ele. Está sendo uma peça muito importante para nós.''

Abel também comentou sobre as condições de Robinho, que teve que ser substituído ainda no intervalo por conta de uma torção no pé:

''Se ele estiver recuperado, não vou mexer. Vou seguir jogando pra frente. Vi que posso usar o Jádson de duas, três maneiras. Nessa posição que jogou no segundo tempo (mais avançado) ele jogou na Ponte contra o Fluminense no ano passado. Assim, fez gol da Ponte de classificação na Sul-Americana. Isso é muito bom. O coletivo cresce, começa individualmente a aparecer mais jogador. O Robinho e Ayrton ganharam a posição nos EUA. No jogo-treino depois da partida contra o PSV, eles barbarizaram por aquele lado. Eles têm um entendimento muito bom. Está somando agora. Espero que continue'', encerrou.

Na última rodada da Taça Guanabara, o Fluminense enfrentará o Macaé no próximo sábado (3). Para se classificar às semifinais, precisará vencer e torcer por um empate entre Portuguesa e Boavista ou uma derrota do Botafogo para o Madureira.