Flu vence Macaé, mas resultado não é suficiente e está eliminado na Taça Guanabara

Dudu marcou o gol da vitória aos 44 minutos do segundo tempo, mas combinação de resultados na rodada não foi o suficiente para o Tricolor se classificar à semifinal da Taça Guanabara

Flu vence Macaé, mas resultado não é suficiente e está eliminado na Taça Guanabara
Foto: Divulgação/Fluminense FC
Fluminense
1 0
Macaé
Fluminense: Júlio César; Renato Chaves, Gum e Ibañez; Gilberto (Matheus Alessandro, min. 25'/2ºT), Richard, Jadson, Sornoza (Robinho, min. 15'/2ºT) e Ayrton Lucas; Marcos Júnior (Dudu, min. 31'/2ºT) e Pedro. Técnico: Abel Braga.
Macaé: Luís Cetin; Marcelo, Igor João, Admilton (Alex, min. 9'/2ºT), Luís Felipe e Lucas Gabriel; Charles, Gedeil e Diego Sales (Maranhão, min. 13'/2ºT); Neto (Matheus Oliveira, min. 35'/2ºT) e Pipico. Técnico: Josué Teixeira.
Placar: 1-0, min. 44'/2ºT, Dudu.
INCIDENCIAS: 5ª rodada da Taça Guanabara, partida realizada no estádio de Los Larios, em Xerém, no Rio de Janeiro (RJ).

O Fluminense deixou a desejar mais uma vez, mas conseguiu vencer o Macaé por 1 a 0, na noite deste sábado (3), em Los Larios, pela 4ª rodada da Taça Guanabara. Porém, a vitória foi insuficiente para que o Tricolor avançasse para a semifinal do turno. Com a eliminação, o Tricolor ficará 18 dias de 'férias' e só volta a campo no dia 21 de fevereiro, contra o Bangu, na abertura da Taça Rio. 

Para se classificar, o Fluminense não dependia apenas da vitória. Precisava também torcer contra Botafogo ou Boavista e Portuguesa, mas nenhuma combinação de resultado ajudou. O time de Saquarema avançou em primeiro lugar, enquanto o alvinegro enfrentará o Flamengo na semifinal. 

Com a vitória, o Fluminense alcançou o quinto jogo consecutivo sem derrota, porém, encerra a participação na Taça Guanabara com oito pontos e em terceiro lugar, com duas vitórias e dois empates, além de uma derrota na estreia contra o Boavista. Já o Macaé somou quatro pontos e terminou na penúltima posição, na frente apenas do lanterna Madureira. 

Flu domina primeiro tempo, mas placar não muda

O primeiro tempo foi movimentado em Los Larios. O Fluminense dominou as ações e perdeu boas oportunidades de abrir o placar. Por outro lado, o Macaé que precisava de saldo e da vitória para se classificar, teve atuação tímida, com apenas quatro finalizações - dez a menos que o Flu - e 30% de posse de bola. 

O Fluminense pressionou o Macaé nos primeiros dez minutos de jogo e por pouco não abriu o placar. Com um minuto, Pedro aproveitou a sobra dentro da área e tentou o toque por cima do goleiro, mas a bola saiu por cima do gol. Cinco minutos depois, após cobrança de falta de Sornoza, Renato Chaves se antecipou e desviou na primeira trave, mas Luís Cetin defendeu. Aos oito minutos, Marcos Júnior aproveitou o cruzamento de Ayrton Lucas, mas mandou para fora.

Depois da parada técnica aos 20 minutos, o jogo ficou morno. O Fluminense só voltou a ter uma boa oportunidade aos 36, quando Gilberto tabelou com Renato Chaves, invadiu a área e finalizou para fora. Dois minutos depois, foi a vez de Richard aproveitar o passe de Jadson, mas o goleiro Luís Cetin manteve o zero no placar até o intervalo.

Flu marca no fim, mas é eliminado

Se o primeiro tempo foi movimentado, a etapa final foi marcada por muitos erros de passes, pouca movimentação e falta de criatividade das equipes. Quasa nada deu certo para a equipe de Abel Braga, que teve mais a posse de bola e pouco criou.

Apenas aos 18 minutos que o segundo tempo teve uma chance perigosa. Ayrton Lucas foi acionado na esquerda, levantou na área e Richard desviou de cabeça para fora. 

O jogo se manteve morno após a parada técnica e o Fluminense só voltou a assustar aos 31 minutos. Marcos Júnior foi lançado em velocidade, entrou na área e tentou o chute cruzado, mas pegou torto na bola, que se perdeu pelo fundo. 

No fim do jogo, já aos 44 minutos, Ayrton Lucas recebeu pela esquerda e tocou para Pedro. O centroavante bateu cruzado para a pequena área e Dudu, que havia entrado dez minutos antes, completou para o fundo das redes. Porém, nem mesmo o gol serviu de consolo e nem evitou a eliminação.