Ex-Fortaleza, meia Rogerinho curte boa fase na Arábia Saudita e mira vaga na Champions da Ásia

Jogador de 30 anos comentou sua atual forma no futebol asiático e sobre a briga por um lugar na Champions da Ásia

Ex-Fortaleza, meia Rogerinho curte boa fase na Arábia Saudita e mira vaga na Champions da Ásia
Foto: Divulgação/Al Faisaly

Há cerca de quatro meses em sua segunda passagem pelo futebol da Arábia Saudita, o meia Rogério Coutinho, conhecido como "Rogerinho", começou o ano de 2018 com o pé direito. Em dois jogos pelo Al Faisaly, marcou dois gols. Com bons números na temporada, o maranhense de Bacabal, aos 30 anos, quer entrar para história e ajudar a classificar o clube pela primeira vez para a Liga dos Campeões da Ásia.

Fora do Brasil há dez anos, o armador já passou por Kuwait (Al Kuwait), Emirados Árabes Unidos (Al Wasl), Tailândia (Buriram United) e pela própria Arábia Saudita (Al Shabab). Em setembro do ano passado, acertou com o Al Faisaly e não teve dificuldades na readaptação ao país.

"Já estou acostumado com o mundo árabe porque vim para cá em 2008, joguei sete anos no Kuwait, passei por Dubai e também já tinha jogado na Arábia Saudita. A adaptação é bem tranquila porque já estou acostumado. A língua é meio difícil, mas já deu para aprender o básico e também dá para se comunicar em inglês", explicou o jogador, que defendeu Uniclinic-CE, Atlético-PR e Fortaleza no Brasil.

Em 15 jogos nesta temporada, Rogerinho balançou as redes cinco vezes e deu quatro assistências. Na Saudi Pro League - campeonato nacional da Arábia Saudita -, o apoiador participa de um gol a cada 108 minutos e curte o bom momento na carreira - além da fase artilheira.

"Essa está sendo uma das minhas melhores temporadas, dando assistências e fazendo gols. Estou jogando em uma posição na qual nunca joguei, voltando para marcar, mas também fazendo gols. Consegui evoluir muito nessa parte e estou jogando bem. O importante é ajudar a equipe", analisou.

Rogerinho em ação pelo Al Faisaly | Foto: Divulgação/Al Faisaly
Rogerinho em ação pelo Al Faisaly | Foto: Divulgação/Al Faisaly

Com 26 pontos, o Al Faisaly ocupa a quarta posição da SPL e briga por uma posição na zona de classificação para a Liga dos Campeões da Ásia da próxima temporada. O meia brasileiro enaltece a estrutura e o suporte do clube, sobretudo para os brasileiros, e almeja a vaga para a competição continental para consagrar a boa campanha na temporada.

"O clube nunca chegou à terceira colocação da Liga na história, então é muito gratificante para mim, que vinha de muito tempo sem jogar, poder colaborar. Espero que seja assim até o final da temporada. Não é um time de nome, mas tem estrutura boa, acolhe a gente e ajuda com tudo que precisamos. Nosso objetivo é classificar para a Champions da Ásia e entrar de vez na história do clube, pois seria a primeira participação do clube na competição", afirmou Rogerinho.

"Eu já conhecia o clube porque, em 2013, eles tiveram interesse por mim, mas não deu certo, porque eu tinha contrato no Kuwait. É um clube bom, que me acolheu no momento mais difícil na carreira, quando eu estava há quase um ano sem jogador por causa de lesões. Eles abriram essa porta para eu ter a oportunidade de mostrar meu futebol e está dando tudo certo. Estou conseguindo jogar bem, fazer gols e voltar ao meu bom nível", finalizou.