Goiás visita Tupi e alcança triunfo com gol solitário de Cléo na estreia da Série B

Equipe esmeraldina sofre na primeira etapa, mas confirma favoritismo e conquista primeiros três pontos no Brasileirão

Goiás visita Tupi e alcança triunfo com gol solitário de Cléo na estreia da Série B
Foto: Reprodução / SporTV
Tupi
0 1
Goiás
Tupi: Glaysson; Filippe Formiga, Hélder, Heitor, Bruno Costa; Filipe Alves (Min. 23, Marcos Serrato, 2ºT), Recife (Min. 14, Henrique, 2ºT), Rafael Jataí, Jonathan; Giancarlo (Min. 27, Michel Henrique, 2ºT) e Thiago Silvy; Técnico: Ricardo Drubscky
Goiás: Ivan; Sueliton, Deivid, Anderson Salles, Jefferson; Wendel, Willian, Léo Sena, Wagner (Min. 16, D. Carvalho, 2ºT), Murilo Henrique (Min. 22, Patrick, 2ºT); Rafhael Lucas (Min. 29, Cléo, 2ºT); Técnico: Enderson Moreira
Placar: 1-0, Min. 41, Cléo, 2ºT
ÁRBITRO: Gleidson Santos Oliveira, auxiliado por José Carlos Oliveira Santos e Paulo de Tarso Gussen; Cartões amarelos: Jonathan (Tupi); Anderson Salles, Wagner, Murilo Henrique (Tupi)
INCIDENCIAS: Partida válida pela rodada inicial da Série B do Campeonato Brasileiro, realizada nesta sexta-feira (13), no Estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora/MG.

A Série B do Campeonato Brasileiro começou! O estreante Tupi recebeu, na noite desta sexta-feira (13), o Goiás, no Estádio Municipal de Juiz de Fora, e acabou derrotado por 1 a 0, com gol de Cléo, na segunda etapa do duelo.

O resultado confirmou o favoritismo do Goiás, que agora ocupa a 3ª colocação da Série B, somando os primeiros três pontos na competição. Já o Galo Carijó, amarga a vice-lanterna. Na próxima rodada, os esmeraldinos recebem o Londrina, no Estádio JK, em Itumbiara/GO, na sexta-feira (20), às 20h30. Enquanto isso, o Tupi visita o Vasco, em São Januário, no sábado (21), às 16h.

Goiás se mostra apático e Tupi cria melhor chance da primeira etapa

Apesar do favoritismo do Goiás, quem arriscou para o gol pela primeira vez, foi o Tupi, aos quatro minutos, quando Giancarlo mandou à direita da meta do goleiro Ivan. Pouco tempo depois, Hélder bobeou e perdeu a posse de bola, cedendo contra-ataque para Wagner, que chutou prensado, facilitando a defesa de Glaysson. O mesmo zagueiro tentou recuar para o goleiro aos 22 minutos, mas o camisa 1 do Tupi colocou a experiência em prática e tirou o perigo.

Aos 25 minutos, os jogadores do Tupi reclamaram que a bola tocou na mão de um defensor do Goiás, dentro da área, após cobrança de falta. No entanto, a arbitragem mandou seguir o jogo. O Galo Carijó criou a grande chance da primeira etapa com chutão de Glaysson, que acabou sobrando para Thiago Silvy, que arriscou de canhota. Ivan se esticou e fez linda defesa.

Hélder queria mesmo assustar a própria torcida. Aos 37 minutos, o zagueiro do Tupi tentou sair jogando novamente, mas acabou perdendo a bola, cedendo ataque perigoso para o Goiás. O que os goianos não contavam, era que Heitor aparecesse e retomasse a posse da redonda. No último minuto da primeira etapa, Giancarlo aproveitou cruzamento no primeiro pau e cabeceou. No entanto, o atacante acabou errando o alvo.

A solução estava "ali": Cléo sai do banco e marca gol da vitória do Goiás

O descanso fez bem para o Goiás. A postura dos visitantes foi diferente na segunda etapa, tanto que criaram a primeira chance com Wagner, que aproveitou sobra de bola. No entanto, o meio-campo foi atrapalhado por Bruno Costa e mandou por cima da meta do goleiro Glaysson. Aos 26 minutos, a equipe esmeraldina chegou novamente com perigo, quando Rafhael Lucas cabeceou no contrapé do arqueiro dos mandantes, mas o atacante acabou errando o alvo.

O atacante teve outra chance no lance seguinte, quando Daniel Carvalho chegou na linha de fundo e cruzou. No entanto, Rafhael Lucas não conseguiu alcançar a bola. O Tupi respondeu com Bruno Costa, que cruzou para Jonathan, que finalizou perigosamente contra a meta de Ivan. Bruno Costa foi servido no lance seguinte, após cruzamento de Henrique, mas o jogador acabou errando a finalização. A noite realmente não era de Hélder. O zagueiro acabou perdendo a bola, servindo Daniel Carvalho, que ajeitou para Wendel. O volante bateu, mas Glaysson estava no gol para garantir a defesa.

Aos 41 minutos, o grande momento da partida: Cléo aproveitou bem cruzamento da esquerda e mandou na trave, mas não desperdiçou o rebote e mandou no canto esquerdo de Glaysson, para garantir os primeiros três pontos do Goiás na Série B. O atacante havia entrando na segunda metade da etapa, no lugar de Rafhael Lucas.