Goiás tropeça diante do Londrina e perde chance de assumir liderança provisória da Série B

Equipes têm desempenhos contrastantes durante as duas etapas e terminam iguais no placar

Goiás tropeça diante do Londrina e perde chance de assumir liderança provisória da Série B
(Foto: Divulgação/Goiás EC)
Goiás
1 1
Londrina
Goiás: Renan; Sueliton, Anderson Salles, David Duarte, Jefferson; Wendel, Patrick, David França, Cassiano (Wagner, min. 60), Jhon Cley (Thalles, min. 60) e Rafhael Lucas (Cléo, min. 46) Técnico: Enderson Moreira
Londrina: Marcelo Rangel,Igor, Silvio Freitas, Matheus, Léo; Germano, Diogo Roque, Zé Rafael (Julio Pacato, min. 72); Keirrison (Bruno Batata, min. 75), Jô (Paulinho, min. 32) e Rafael Gava Técnico: Cláudio Tencati
Placar: 1-0, min. 54, Igor. 1-1, min. 78, Wendel.
ÁRBITRO: Emerson de Almeida Ferreira (MG) Cartões Amarelos: Londrina: Léo Pelé (min. 16), Júlio Pacato (min. 82) Cartão Vermelho: Goiás: Wendel (min. 80)
INCIDENCIAS: Partida válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2016, realizada no Estádio JK, em Itumbiara/GO.

Nessa sexta-feira (20), às 20h30, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro Série B 2016, no Estádio JK, em Itumbiara/GO, Goiás e Londrina mediram forças. Em um confronto de tempos distintos, as equipes empataram em 1 a 1. Igor abriu o placar para os paranaenses, enquanto Wendel igualou o marcador para os goianos.

Com o resultado, o time esmeraldino soma quatro pontos e ocupa provisioriamente a segunda colocaçã do torneio. Por outro lado, os alviazuis pontuaram pela primeira vez e estão no 14º lugar de forma momentânea. A próxima rodada será realizada na terça-feira (24). O Londrina encara o Náutico no Estádio do Café às 19h15, enquanto o Goiás mede forças contra o Criciúma no Estádio Heriberto Hülse às 21h30.

Primeiro tempo de ritmo lento e poucas oportunidades

Aos seis minutos, o Londrina teve a primeira chance quando Jô invadiu a área e foi abafado por Renan. No lance seguinte, Diogo Roque tentou, mas o arqueiro fez nova defesa. Depois disso, a partida caiu de rirmo. Poucas foram as oportunidades e os clubes chegavam às metas adversárias apenas nos lances de bola parada.

Com 25 minutos, Jhon Cley girou no meio de campo e lançou para o meio da área. Ninguém do Goiás apareceu para completar e Marcelo Rangel apenas protegeu a saída da bola, que não levou perigo algum ao time da casa. Em seguida, nenhuma das equipes incomodou as defesas oponentes e o placar não se alterou até o intervalo.

Equipes buscam o gol em segundo tempo mais agitado

Após voltarem do intervalo, os times estavam determinados a tirar o zero do marcador. Quem levou a melhor inicialmente nesse quesito foi o Londrina. Aos nove minutos, Keirrison fez boa jogada na linha de fundo e tocou para o meio. Acionado no lance, Zé Rafael bateu forte e a bola desviou em Igor para balançar as redes e o placar ser aberto.

Atrás do marcador, o Goiás buscou reação imediata. No minuto seguinte ao gol, Cléo pegou sobra na entrada da área e finalizou bem. O goleiro Marcelo Rangel fez boa defesa. Aos 13 minutos, Suelinton cobrou escanteio na cabeça de Cléo. A bola passou por cima do gol e assustou Marcelo Rangel. O Londrina teve boa oportunidade em contra-ataque para ampliar a vantagem imposta minutos antes. Keirrison arriscou da entrada da área e a pelota passou ao lado da trave. Aos 28 minutos, nova chance paranaense. Paulinho driblou vários jogadores e tocou para Keirrison. Renan abafou o primeiro lance. No rebote, Rafael Gava mandou por cima do gol.

A perda de oportunidades custou caro ao Londrina. Aos 33 minutos, Cléo recebeu na área, atuou bem como pivô e mandou para Wendel. O meio-campista finalizou com um belo chute no ângulo para empatar o jogo. Embalado pela igualdade no marcador, os donos da casa pressionaram em busca da virada. Aos 40 minutos, Cléo arriscou da entrada da área e obrigou o arqueiro Marcelo Rangel a fazer boa defesa. No rebote, Wagner finalizou e o goleiro fez espetacular defesa. Mesmo com tanta pressão na reta final, o confronto terminou empatado.