Com gol solitário, Luverdense supera Goiás em última partida no Passo das Emas na Série B

Equipe de Júnior Rocha fez a partida de despedida como mandante nessa Segundona e saiu com a vitória em cima do Goiás com gol do volante Ricardo

Com gol solitário, Luverdense supera Goiás em última partida no Passo das Emas na Série B
Ricardo marcou o gol da vitória em Lucas do Rio Verde (Foto: Divulgação/Luverdense EC)
Luverdense
1 0
Goiás
Luverdense: Diogo Silva; Raul Prata, Gabriel Valongo, Everton e Paulinho; Ricardo, Diogo Sodré, Douglas Baggio e Sérgio Mota (Moacir); Rafael Silva (Raphael Macena) e Alfredo (Tozin). Técnico: Júnior Rocha
Goiás: Renan; Johnatan, Felipe Macedo, Anderson Salles, Alex Alves e Felipe Saturnino (Liniker); Adriano, David e Walter; Rossi (Murilo Henrique) e Léo Gamalho (Carlos Eduardo). Técnico: Gilson Kleina
Placar: 1-0 - Ricardo (22'min - 1º tempo)
ÁRBITRO: Antônio Dib Moraes de Sousa (PI) apitou a partida, auxiliado por Rogério de Oliveira Braga (PI) e Lucas Costa Modesto (DF). Amarelo: Diogo Silva, Gabriel Valongo, Diogo Sodré, Douglas Baggio, Raphael Macena (LUV); Felipe Macedo, Alex Alves, Adriano (GOI). Vermelho: Everton (LUV)
INCIDENCIAS: 37ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B 2016, realizada no estádio Passos das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT)

Com um gol solitário do volante Ricardo, o Luverdense venceu mais uma partida e encerrou com chave de ouro sua participação no estádio Passo das Emas nessa Série B. O Goiás bem que tentou e não foi um time apático, mas a sorte esteve do lado da equipe de Júnior Rocha.

Ambos os times não tinham mais chance de cair ou de buscar a classificação, mas vontade não faltou em campo. Com a vitória, o Luverdense vai para a 8ª colocação com 55 pontos ganhos, ultrapassando Ceará e Vila Nova, que ainda vão jogar nessa rodada. 

Com a derrota, o Goiás permanece na 14ª colocação com 47 pontos ganhos, mas não pode mais cair nenhuma posição, já que tem sete pontos a mais que o Paraná, o atual 15º colocado. Em caso de vitória do Paysandu, que ainda vai jogar nessa rodada, o Verdão não terá mais chances de subir alguma posição.

Na última rodada, o Luverdense encerra sua participação na Série B jogando contra a equipe do CRB, no estádio Rei Pelé, em Macéio (AL). Já o Goiás enfrenta o já rebaixado Sampaio Corrêa, no estádio Olímpico, em Goiânia (GO). 

Falha de Renan e sorte grande do Luverdense

A partida teve início com um Luverdense bem ofensivo, e o Goiás, com três zagueiros em campo, se defendendo como podia. Nos primeiros instantes, as duas equipes não criavam tantos lances de perigo, apenas trocavam passes no meio de campo esperando um erro do adversário.

A primeira grande oportunidade veio nos pés de Sérgio Mota, que aproveitou a sobra de um cruzamento na área para finalizar, mas a bola subiu demais e foi pra fora. O Goiás esperava a melhor oportunidade para um contra-ataque e tentar surpreender o Luverdense.

E a surpresa quase veio quando Walter lançou Léo Gamalho, que ficou de frente ao goleiro Diogo Silva e bateu de três dedos acertando a trave do time da casa, e no rebote, Walter mandou por cima. Foi um susto grande para o torcedor do Luverdense no Passo das Emas. 

Mas o susto sumiu, quando Ricardo ganhou no meio de campo, arriscou de fora da área e Renan aceitou o chute para o primeiro gol da partida. O Goiás pouco fazia para ir ao ataque, mas se esforçava em busca do empate. Walter tocou para Felipe Saturnino avançar pela esquerda e bater forte para boa defesa de Diogo Silva.

A equipe mato-grossense respondeu com duas grandes oportunidades. Na primeira, Rafael Silva recebeu cruzamento de Paulinho e bateu forte para grande defesa de Renan. Depois, o goleiro esmeraldino viu a bola tocar em sua trave após chute venenoso do mesmo Rafael de fora da área.

O Goiás não se rendeu. Walter aproveitou a cochilada da defesa do Luverdense e tocou de cavadinha por cima do goleiro Diogo Silva, mas o zagueiro Evandro tirou em cima da linha. Ainda deu tempo do Goiás perder um lance incrível, quando Léo Gamalho e David que viram Diogo Silva aplicar milagres. 

Luverdense segura o Goiás e garante a vitória

O ritmo do primeiro tempo não diminuiu na etapa final, e o que se viu foi o Luverdense tocando bem a bola e o Goiás fazendo grandes oportunidades nos contra-ataques. A primeira boa oportunidade veio nos pés de Alex Alves, que recebeu ótima bola de Rossi, mas que chutou mal demais de frente para o gol.

Renan também teve que trabalhar quando o zagueiro Gabriel Valongo cabeceou a bola com perigo e o goleiro esmeraldino fez boa defesa. Gilson Kleina, que tinha colocado Liniker no intervalo para reforçar o meio de campo, viu o jogador trabalhar dando um bom chute de fora da área, mas o goleiro Diogo Silva fez  boa defesa.

Walter seguia dando ótimas assistências para os companheiros no ataque. Ele deixou Rossi na cara do gol, mas na hora de finalizar, Paulinho desarmou o atacante esmeraldino. Por mais que o Goiás tentasse, parecia estar impossível de sair o gol de empate.

A equipe da casa controlava a partida e o Goiás teve dificuldades para ir buscar o empate. A partida diminuiu o ritmo e as faltas começaram a aparecer juntamente com os cartões. Quase nos minutos finais da partida, Carlos Eduardo ganhou ótima bola na frente e tinha tudo pra fazer, mas Everton o derrubou e foi expulso. Na falta, Walter cobrou em cima da barreira.

Sem muitas alternativas, o Goiás diminuiu o poder ofensivo e conheceu mais uma derrota no Brasileirão Série B. A equipe do Luverdense comemorou muito a vitória e ainda tem chances de ficar entre as oito melhores equipes do campeonato.