Goiás domina, supera CRB e se distancia da zona de rebaixamento

Segunda vitória consecutiva do time esmeraldino contou com defesa de pênalti do goleiro Marcelo Rangel e tranquila atuação, mesmo sem torcedores no Serra Dourada

Goiás domina, supera CRB e se distancia da zona de rebaixamento
Foto: Luiz Gustavo/Goiás EC
Goiás
3 0
CRB
Goiás: Marcelo Rangel; Tony, Fábio Sanches, Alex Alves e Carlinhos; Pedro Bambu, Elyeser e Andrezinho; Carlos Eduardo, Júnior Viçosa (Léo Sena, min. 69) e Léo Gamalho (Aylon, min. 79). Técnico: Argel Fucks.
CRB: Edson Kölln; Marcos Martins, Flávio Boaventura, Gabriel e Diego Corrêa (Pedro Botelho, min. 46); Yuri (Rodrigo Souza, min. 32), Danilo Pires (Ytalo, min. 75), Tony e Chico; Erick Salles e Neto Baiano. Técnico: Dado Cavalcanti.
Placar: 1-0, Andrezinho, min. 29. 2-0, Léo Gamalho, min. 42. 3-0, Júnior Viçosa, min. 48.
ÁRBITRO: José Woshington da Silva (PE), auxiliado por Ricardo Bezerra Chianca (PE) e Fabrício Leite Simões (PE) | Cartões amarelos: Fábio Sanches (GOI, min. 18 e min. 66), Flávio Boaventura (CRB, min. 60) e Elyeser (GOI, min. 63) | Cartões vermelhos: Fábio Sanches (GOI, min. 66)
INCIDENCIAS: Jogo válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2017, disputado no Estádio Serra Dourada, em Goiânia/GO, na tarde deste sábado (29).

Um dos principais e maiores palcos esportivos do Brasil recebeu mais um jogo sem torcida. Na tarde deste sábado (29), o Goiás continuou a penúria de entrar em campo com portões fechados em cumprimento de punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Ainda assim, mesmo sem a força das arquibancadas, o time esmeraldino jogou bem e venceu com autoridade o CRB por 3 a 0, com gols assinalados por Andrezinho, Léo Gamalho e Júnior Viçosa. O jogo foi disputado no Estádio Serra Dourada, em Goiânia/GO, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2017.

Com o resultado, os goianos conseguiram a segunda vitória consecutiva, se afastaram da zona de rebaixamento e ocupam a 11ª posição, com 23 pontos ganhos. Por outro lado, os regatianos sofreram a primeira derrota depois de oito rodadas e despencaram para a nona colocação, com 25 pontos.

Foto: Luís Gustavo|Goiás EC

Goiás controla jogo e sai na frente

O Goiás trocava passes e tinha o objetivo de furar o bloqueio regatiano, que se preocupou primeiramente em não sofrer ataques para depois buscar as finalizações que resultassem em gols a favor. A primeira boa chance do duelo foi alvirrubra. Diego Corrêa cobrou falta e acionou Tony. O meia cruzou na área e Gabriel, sem marcação, cabeceou para fora. A resposta goiana demorou a acontecer, mas veio com perigo. Carlinhos avançou e arriscou na entrada da área. Edson Kölln defendeu após se esticar todo.

Depois desse lance, os Esmeraldinos controlaram o jogo e conseguiram abrir o marcador aos 29 minutos, quando Carlos Eduardo passou pela marcação na direita e cruzou rasteiro para Andrezinho desviar para o fundo da rede sem nenhuma marcação. O CRB tentou manter a bola no meio de campo para buscar o empate e o Goiás tentava cadenciar a partida quando tinha a pelota em seus pés. Mas o trio ofensivo dos donos da casa voltou a fazer a diferença aos 42 minutos. Carlos Eduardo recebeu dentro da área, tirou a marcação e rolou para Andrezinho. O meia cruzou para Léo Gamalho escorar e aumentar a vantagem. O CRB tentou diminuir ao repetir a estratégia depois de sofrer o primeiro gol, mas não foi eficiente.

Foto: Luís Gustavo|Goiás EC
Foto: Luís Gustavo|Goiás EC

Marcelo Rangel defende pênalti e Goiás sela vitória

O primeiro lance de perigo da etapa complementar desmoronou as chances do CRB buscar uma reação importante no segundo tempo e manter a série de jogos sem perder. Logo aos três minutos, Andrezinho cobrou escanteio, Fábio Sanches desviou e Júnior Viçosa empurrou para as redes e marcou o terceiro gol do Goiás.

Com a vitória praticamente garantida, os mandantes passaram a administrar o resultado, mas o Galo buscou diminuir a diferença e teve boa chance aos 20 minutos. Pedro Botelho deu passe para Neto Baiano e o centroavante foi derrubado dentro da área. A arbitragem assinalou penalidade máxima e expulsou o zagueiro Fábio Sanches. Na cobrança, Neto Baiano bateu no canto direito e Marcelo Rangel evitou o gol regatiano. Foi a sétima defesa de pênalti do arqueiro em dez tentativas adversárias.

Com isso, o Goiás tentou converter a vitória em goleada. Primeiro, Carlos Eduardo recebeu belo lançamento em profundidade, avançou, entrou na área e bateu rasteiro, com muito perigo à direita de Edson Kölln. O CRB perdeu clara chance de marcar, quando Neto Baiano recebeu cruzamento de Pedro Botelho e, frente a frente com Marcelo Rangel, mandou por cima na linha da pequena área. Nos minutos finais, Carlinhos recebeu com liberdade, avançou e chutou forte. A pelota passou muito perto da meta.


Share on Facebook