Vila Nova empata com Goiás e encosta no G-4 da Série B

Em clássico goiano, placar não saiu do zero. Vila Nova ficou à 1 ponto do G-4; Já o Goiás, à 1 ponto do Z-4

Vila Nova empata com Goiás e encosta no G-4 da Série B
(Foto: Douglas Monteiro/Divulgação/Vila Nova)
Vila Nova-GO
0 0
Goiás
Vila Nova-GO: Luis Carlos; Maguinho, Alemão, Wesley Matos, Gastón Filgueira; Geovane, PH, Alípio (Ruan), Alan Mineiro; Mateus Anderson (Lourency) e Moisés (Tiago Adan)
Goiás: Marcelo Rangel; Pedro Bambu, Fábio Sanches, Alex Alves e Carlinhos; Elyeser, Victor Bolt (Péricles), Léo Sena, Nathan (Tiago Luis); Carlos Eduardo (Michael) e Júnior Viçosa
INCIDENCIAS: Partida válida pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B

Na tarde deste sábado (14), Vila Nova-GOGoiás empataram no clássico goiano por 0 a 0 no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B

Com o resultado, o Goiás se manteve fora da zona de rebaixamento do campeonato com 35 pontos. O Vila Nova-GO, com o empate, perdeu a chance de entrar no G-4, e ficou na quinta posição, com 47 pontos. Na próxima rodada, o Goiás recebe o Juventude no Serra Dourada, enquanto o Vila enfrenta, contra o Criciúma, fora de casa. 

Em primeiro tempo morno, placar não sai do zero

Logo no inicio da partida, o Vila Nova quase abriu o placar. No primeiro minuto da partida, Alan Mineiro recebeu de Moisés e bateu de dentro da área, mas Pedro Bambu salvou em cima da linha.

Sete minutos depois, Alan Mineiro coloca Mateus Anderson na cara do gol, mas ele bate por cima. Aos 25, Carlos Eduardo cruzou para Júnior Viçosa, Alemão afastou. Na sequência, a bola sobrou para Elyeser que bateu para fora.

Vila Nova pressiona mas Marcelo Rangel salva o Goiás

Na segunda etapa, foi o Goiás quem levou perigo primeiro. Aos sete minutos, Tiago Luís cobrou falta, a bola ficou com Júnior Viçosa, e o atacante bateu com perigo, de perna esquerda.

O Vila Nova precisava do resultado para entrar no G-4, e no meio da segunda etapa pressionou o Goiás. Gastón cruzou, e Lourecy cabeceou com perigo, acima do gol de Marcelo Rangel. Depois, Lourency recebeu lançamento, ganhou de Carlinhos e bateu cruzado com muito perigo.

Aos 32, Alan Mineiro cobrou falta, Wesley Matos cabeceou com força, e Marcelo Rangel fez defesa espetacular, salvando o Goiás de levar o primeiro gol da partida.