Árbitro relata ofensas de Hélio dos Anjos e treinador pode ser punido

Na partida contra a Aparecidense, técnico foi expulso do banco de reservas e ofendeu o quarto árbitro do jogo, Anderson Gonçalves

Árbitro relata ofensas de Hélio dos Anjos e treinador pode ser punido
Hélio dos Anjos pode ser suspenso por seis jogos por ofensas á quarto árbitro. (Foto: Divulgação/Goiás E.C)

O treinador Hélio dos Anjos, que cumpriu suspensão automática na derrota do Goiás para o Vila Nova no último domingo (21), pode ter de ficar mais jogos suspensos. Na partida contra a Aparecidense, pela primeira rodada do Goianão, após ter sido expulso do banco de reservas por reclamar da penalidade marcada para o adversário, Hélio disparou uma série de ofensas ao quarto árbitro do jogo, Anderson Gonçalves.

O caso será averiguado pelo TJD-GO e o treinador Hélio dos Anjos deverá ser julgado, podendo pegar até seis jogos de suspensão. Veja o que o árbitro do jogo, Eduardo Tomaz, relatou na súmula da partida.

O treinador Hélio dos Anjos se defendeu da expulsão e criticou a arbitragem na vitória esmeraldina em Aparecida de Goiânia: “Eu fui expulso porque o juiz reserva foi irônico comigo. Como eu reclamei do pênalti, ele pegou e riu da minha cara, aí eu fiz um pouco além, e o que eu reclamo foi o último lance, que o Marcelo salvou. Nesse lance, eu estava atrás do gol e foi feita a falta no Deivid, mas ele deixou seguir e aí sim ele demonstrou pra mim, que não estava preparado para apitar o jogo”.

Apesar disso, Hélio estará no comando do time esmeraldino na partida dessa quarta-feira (24), contra o Anápolis, na Serrinha, pela terceira rodada do Campeonato Goiano.