Giuliano exalta força do grupo gremista: "Foi a vitória de uma grande atuação"

Time do Grêmio aplicou 3 a 0 diante do Atlético-MG, em Belo Horizonte, nesta quinta-feira (26), em atuação impecável que garantiu a vice-liderança ao tricolor

Giuliano exalta força do grupo gremista: "Foi a vitória de uma grande atuação"
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Destaque na goleada gremista em cima do galo mineiro, com passe para gol e excelente performance, Giuliano celebrou o resgate do bom desempenho tático, e automaticamente, da confiança. Além disso, destacou a essencialidade do coletivo do Grêmio. 

"Foi a vitória de uma grande atuação, num momento bom de retomada de confiança e do bom futebol. É bom para todo mundo. Ali na frente todos correm, a nossa defesa sofre menos. É o trabalho coletivo. Nossas melhores atuações foram quando nosso coletivo funcionou bem. Hoje fizemos isso. Todos se ajudaram, se entregaram, com companheirismo. Sabíamos que era importante marcar a equipe do Atlético-MG mesmo com os reservas. Também é importante roubar a bola mais em cima para estar próximo do gol adversário. Conseguimos ter uma boa vitória e embalar um pouco na competição", avaliou o meia. 

O Grêmio segue na competição nacional como a única equipe que não tomou gol, após sofrer fortes críticas no setor, durante o Campeonato Gaúcho e Libertadores. De acordo com o zagueiro Pedro Geromel, a melhora significativa é consequência de trabalho repetitivo: "A gente vem trabalhando assim faz dois anos. Ano passado tivemos a segunda melhor (defesa). Isso é trabalho, a gente começou mal o ano. Sofremos muitos gols. Tivemos semanas cheias, trabalhamos, acertamos o posicionamento, e a gente vê o resultado. É uma grande equipe, com grandes jogadores. A tendência é vir mais concentrados para grandes jogos. Aí, facilita"

Quem também falou sobre a goleada gremista no Independência, foi o vice de futebol Alberto Guerra. O dirigente afirmou que o tricolor se mostrou forte mesmo com a perda de três importantes jogadores na etapa inicial: "Se o Grêmio jogar sempre assim, facilitaria muito. Mas a gente sabe que não é fácil. Estamos imbuídos de construir um grande campeonato e chegar nas rodadas finais em busca do título. Se o nosso adversário tinha bastante desfalque, nós também jogamos sem cinco; sem o Bobô, o Bolaños, e os três que saíram. O importante é valorizar o grupo, o Grêmio mostrou que tem grupo qualificado"

Visando a liderança, o Grêmio enfrentará domingo (29), à partir das 18h30, o Coritiba, na Arena, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.