Grêmio se impõe, bate Cruzeiro na Arena e se aproxima da liderança do Brasileiro

Em jogo de muita neblina, Tricolor venceu equipe mineira por 2 a 0 e segue no G-4

Grêmio se impõe, bate Cruzeiro na Arena e se aproxima da liderança do Brasileiro
Foto: Lucas Uebel / Grêmio
Grêmio
2 0
Cruzeiro
Grêmio: Marcelo Grohe; Ramiro, P. Geromel (M. Hermes, 14'2T), Wallace Reis (Bressan, 22'1T), Marcelo Oliveira; Walace, Maicon (Jaílson, 14'1T), Douglas, Giuliano e Everton; Luan.
Cruzeiro: Fábio; Lucas, B. Viana, F. Bruno e Bryan; Romero, Henrique, De Arrascaeta e Alisson; R. Silva (Allano' 1'2T) e Riascos (Willian, 29'2T).
Placar: 1-0, 43'1T, Luan. 2-0, 6'2T, Douglas.
ÁRBITRO: Thiago Duarte Peixoto, auxiliado por Marcelo Van Gasse e Alex Ang Ribeiro.
INCIDENCIAS: Campeonato Brasileiro, 9ª rodada, na Arena do Grêmio.

Na noite deste domingo (19), o Grêmio recebeu a equipe do Cruzeiro, na Arena, jogou melhor, e venceu. Com gols de Luan e Douglas, o tricolor gaúcho conseguiu mais três importantes pontos na tabela, e segue na cola dos líderes do campeonato. Já a equipe celeste segue sua sequência ruim com Paulo Bento, amarga e divide a última colocação do campeonato.

O Grêmio, com a vitória de hoje, postula na terceira colocação do campeonato, com 18 pontos, um a menos que Palmeiras e Internacional, que dividem a liderança com 19 pontos. Na próxima partida, o tricolor enfrenta a equipe do Vitória, de novo na Arena, quinta-feira, às 19h15. Já os mineiros postulam na última colocação do campeonato, com 8 pontos, mesma pontuação do América-MG, que está na frente pelos critérios de desempate.

Primeiro tempo truncado na Arena

Na primeira etapa, as duas equipes priorizaram buscar a vitória no meio campo. O jogo era de muitos toques, e valorização da posse de bola. O Grêmio, por jogar em casa, logo tentou impor seu jogo e foi melhor.

Porém, mesmo com a maior posse, a equipe de Roger Machado não conseguia criar chances claras de gol para abrir o marcador. Em uma das raras chances, Luan acertou a trave do goleiro Fábio.

A partir daí, a equipe tricolor passou a ter mais chances e ser mais aguda. O que veio a fazer resultado aos 43 minutos. Em jogada pelo lado direito, o garoto Everton foi na linha de fundo e fez belo cruzamento para Luan, livre, empurrar de cabeça para as redes, sem chance para Fábio. Este foi o sexto gol de Luan no campeonato, que é o artilheiro isolado da equipe gremista.

Para liquidar o placar

Após o apito do árbitro para o início da segunda etapa, a partida não tomou rumo diferente do que estava na primeira etapa. O tricolor continuou dominando a partida, a posse de bola, e criando as chances. Logo aos 6 minutos, após bela jogada de Luan, o atacante chutou de fora da área, o goleiro Fábio deu rebote e Douglas, de cabeça, só teve o trabalho de escorar para as redes. 2 a 0 e uma aparente tranquilidade no placar.

Porém, as coisas poderiam ter sido diferentes. Após jogada de Riascos, o atacante chutou e a bola bateu na mão de Marcelo Oliveira, dentro da área. O juiz mandou o lance seguir, porém, com o auxílio do assistente, marcou o pênalti para a equipe mineira. Arrascaeta cobrou para fora, desperdiçando assim, a chance dos mineiros de diminuir o placar.

Com mais minutos ditados no toque de bola gremista, a partida se arrastou ao final com o placar de 2 a 0 favorável e seguro ao time gaúcho.

Apesar da vitória, um azar

O Grêmio, apesar de conseguir os três pontos com o triunfo, saiu de campo com alguns prejuízos. Com o frio de 7ºC da capital gaúcha, alguns jogadores sofreram com o desgaste na musculatura, se lesionaram e preocupam para as próximas partidas. Wallace Reis, Pedro Geromel e Maicon, saíram de campo com dores nas coxas, com muitas dores e possíveis distensões. O detalhe é que Pedro Geromel e Maicon se lesionaram no mesmo momento. Ambos saíram com dificuldades do gramado na segunda etapa, assim como já havia acontecido com Wallace Reis, no primeiro tempo.