Atlético PR recebe desfalcado Grêmio buscando nova sequência no Brasileirão

Equipe de Paulo Autuori quer embalar novamente na competição, enquanto tricolores tentam se reerguer após revés em casa

Atlético PR recebe desfalcado Grêmio buscando nova sequência no Brasileirão
Foto: Divulgação/ Grêmio
Atlético-PR
Grêmio
Atlético-PR: Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Deivid e Vinícius (Pablo); Nikão, André Lima (Anderson Lopes) e Walter.
Grêmio: Marcelo Grohe; Edilson, Fred, Marcelo Oliveira e Marcelo Hermes; Walace, Ramiro (Jaílson), Giuliano, Everton e Luan; Bobô.
ÁRBITRO: Wagner Reway (MT), auxiliado por Carlos Berkenbrock (SC) e Fabio Rodrigo Rubinho (MT)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 11° rodada do Campeonato Brasileiro 2016, a ser realizada na Arena da Baixada, em Curitiba

No horário nobre do futebol, na tarde deste domingo (26), o Atlético-PR recebe, na Arena da Baixada, o Grêmio, pela 11° rodada do Campeonato Brasileiro 2016. No ano passado, o Tricolor Gaúcho bateu os paranaenses nos dois jogos, por 2 a 1.

O CAP vem de um empate por 0 a 0 diante da Chapecoense, em jogo que teve de ser adiado por conta de neblina. Apesar de jogar melhor, o time de Vagner Mancini não conseguiu balançar as redes e manteve a 10° posição na tabela, com 14 pontos. 

Já os gaúchos vêm de uma surpresa que abalou o time de Roger Machado. Diante do Vitória, na Arena, os tricolores perderam a invencibilidade dentro de casa e perderam a chance de encostar na liderança. Com 18 pontos, o Grêmio é 3° colocado. 

LEIA MAIS:Corinthians bate Santa Cruz na Arena e entra provisoriamente no G-4

Paulo Autuori vê jogo complicado contra Grêmio e convoca torcida 

O Atlético vem de uma boa sequência no Brasileirão, com uma vitória em casa e um empate diante da Chape. Apesar dos pesares, a equipe de Paulo Autuori, campeã paranaense, não vem convencendo a torcida completamente. E diante do Grêmio, o comandante prevê partida de alto nível de dificuldade, mesmo na Arena da Baixada. 

Em entrevista coletiva neste sábado (25), o comandante falou sobre a partida: "Vai ser um jogo encardido, como o jogo foi contra o Santos. Nossa equipe está ganhando em nível competitivo. A cada jogo, estou menos preocupado nas ações defensivas. A equipe está sabendo aquilo que tem que fazer e os movimentos que tem que fazer dependendo do que o adversário propõe. Nosso desafio é, neste pouco tempo, melhorar muito a nossa eficiência e a nossa eficácia ofensivas", disse. 

Autuori dá último treino antes do confronto ante Grêmio (Foto: Divulgação/Atlético-PR)
Autuori dá último treino antes do confronto ante Grêmio (Foto: Divulgação/Atlético-PR)

O técnico atleticano esbanjou elogios para o time de Roger: "O Grêmio, para mim, é uma das equipes mais fortes do campeonato porque tem ideias claras de jogo, pratica um jogo muito competitivo, que é aquilo que se exige nos dias de hoje. Tem uma lógica clara e aí é reflexo do excelente trabalho do Roger. Tenho satisfação em falar isso. O grande trabalho que ele faz, um cara novo. Aliás, eu tenho sempre satisfação em falar dos técnicos novos que aparecem, como o Guto (da Chapecoense), que já conheço há muito tempo, desde 99 e tive oportunidade de trabalhar no Internacional", afirmou.

Tratando-se de desfalques, Autuori não terá Cleberson, com lesão no joelho e fratura na face. Em campo, porém pendurados, estarão Sidcley, Hernani, Pablo e Walter. Sendo assim os onze inicias do alvirrubros deverá ser: Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Deivid e Vinícius (Pablo); Nikão, André Lima (Anderson Lopes) e Walter.

Com efeito suspensivo, Roger Machado comanda desfalcado Grêmio 

Vindos de uma derrota surpreendente diante do Vitória, os gremistas precisam recuperar os pontos perdidos dentro de seu próprio território no cameponato. Sendo assim, a equipe de Roger Machado terá de superar os desfalques e o Atlético-PR, em plena Arena da Baixada. 

O técnico gremista, que foi punido dois dias atrás por desrespeito com o árbitro André Luiz Castro, conseguiu efeito suspensivo e está liberado para comandar o Tricolor na beira do campo. Porém, o Grêmio tem mais problemas para tratar: os desfalques. São seis: Maicon, Pedro Geromel, Wallace Reis, Douglas e Negueba, por lesão; Bressan, suspenso. 

Veja:Roger é suspenso pelo STJD por desrespeito ao árbitro em jogo contra Fluminense

Roger Machado conversa com Everton no último treino do Grêmio em Porto Alegre (Foto: Divulgação/Grêmio)
Roger Machado conversa com Everton no último treino do Grêmio em Porto Alegre (Foto: Divulgação/Grêmio)

Sendo assim, tanto a defesa quanto o ataque estarão desfalcados para o confronto em Curitiba. Roger deverá usar do atacante Bobô para substituir Douglas, recuando Luan para a linha de criação do meio-campo. Para o lugar de Bressan, deverá ter improviso: Marcelo Oliveira será zagueiro, enquanto Marcelo Hermes fecha o corredor esquerdo. Ramiro e Jaílson disputam vaga na posição de Maicon.

Marcelo Hermes, que será o lateral-esquerdo titular falou sobre o jogo: "Eu e Roger não conversamos em especial, mas sim com o grupo todo. Olhamos o vídeo do jogo do Atlético-PR. É uma equipe muito boa, que está bem, tirando pontos de adversários acima. Temos que mostrar nosso jogo, ir para cima e tentar a vitória", disse.

O Grêmio deve ir a campo com: Marcelo Grohe; Edilson, Fred, Marcelo Oliveira e Marcelo Hermes; Walace, Ramiro (Jaílson), Giuliano, Everton e Luan; Bobô.

Última partida 

Em 2015, o Atlético-PR recebeu o Grêmio no estádio Couto Pereira, pelo returno do Brasileirão. Com gols de Luan e Douglas, o Grêmio de Roger Machado bateu os atleticanos por 2 a 1 e se consolidou na terceira posição da tabela. 

Luan marcou o segundo gol gremista (Foto: Divulgação/Grêmio)
Luan marcou o segundo gol gremista (Foto: Divulgação/Grêmio)