Roger Machado elogia jovens na vitória sobre Santos e projeta clássico Gre-Nal

Comandante gremista analisou a partida dos jovens na vitória sobre Peixe e elogiou o próximo adversário: "Tem jogadores de alto nível"

Roger Machado elogia jovens na vitória sobre Santos e projeta clássico Gre-Nal
Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Após a conquista dos três pontos diante da equipe do Santos, o técnico Roger Machado falou sobre a partida e já projetou o clássico Gre-Nal do próximo domingo. Ele definiu o jogo como de "propostas distintas", e ressaltou a importância do gol no início, proporcionando a deixar a bola com a equipe santista e retraindo.

"Provamos o que normalmente proporcionamos aos adversários, a posse e a manutenção de bola", disse, comentando sobre como o Santos passou a jogar. Com os desfalques como Pedro Geromel e Maicon, o comandante escalou novamente os jovens Rafael Thyere e Jailson. Sobre o primeiro, falou o seguinte:

"Thyere foi bem. Ele joga como treina, por isso, joga em alto nível, alto nível de concentração. Gostaria que todos tivessem a mesma concentração que ele tem no treino", disse.

O técnico gremista também não poupou elogios ao garoto Jaílson, que estreou no time titular a poucas partidas: "Ele não sentiu o peso dos jogos. Marcou forte, articulou, fez jogadas de profundidade, e hoje fez uma partida de altíssimo nível", destacou, e ainda completou dizendo que a liberação de Edinho para seguir sua carreira em outro clube foi em função dos jovens, como Jaílson, que se destacam nos treinos.

Problemas defensivos

Nas últimas partidas, a equipe do Grêmio vem sofrendo muitos gols, e por isso, vem surgindo críticas ao sistema defensivo. Com a zaga titular fora por lesões, o técnico Roger é obrigado a escalar a defesa reserva.

Portanto, mesmo com a vitória diante do Santos, o Grêmio novamente tomou dois gols no mesmo jogo, e o comandante comentou: "Mesmo que treinem juntos, não há o mesmo entrosamento. Acaba gerando espaços para o adversário e sofrendo os gols. Mas o importante é fazer mais".

Clássico à vista

No próximo domingo (4), tem o clássico Gre-Nal, a ser realizado no estádio Beira-Rio, às 11h. Na projeção da partida, Roger falou da qualidade do adversário e dos problemas que vai enfrentar:

"Um jogo bastante difícil, a equipe do Argel encontrou um equilíbrio, é técnica e tática, marca muito forte e tem jogadas pelo lado do campo, com jogadores de alto nível técnico", disse. Ainda ressaltou a importância de um clássico como esse, dizendo que "Gre-Nal é um campeonato à parte, e os três pontos tem muito peso regional".

Para a partida, o comandante conta com muitos desfalques, tais como Pedro Geromel, Wallace Reis, e com as dúvidas de Luan e Rafael Thyere, que saíram com dores. Em contrapartida, pode receber a volta do atacante Miller Bolaños e do volante Maicon.

"Maicon e Bolaños fizeram algum tipo de trabalho. Tem três dias para o clássico, vamos ver como vão reagir. Gostaria muito de contar com os dois, vamos ver como vão chegar", disse.

Para o clássico de domingo, Roger ainda não definiu a equipe que vai levar à campo: "Tenho que preparar uma estratégia. Mas antes, precisamos descansar nossos jogadores pelo jogo desgastante". O elenco gremista vem sofrendo com uma onda de lesões, e o técnico culpa constantemente o calendário de jogos pela situação.