Douglas marca, Grêmio vence Internacional no Beira-Rio e segue busca à liderança

Tricolor aproveitou primeiro tempo, se defendeu no segundo e soma três pontos na casa do rival; Argel perde invencibilidade no clássico e Inter continua sequência de cinco jogos sem vitórias

Douglas marca, Grêmio vence Internacional no Beira-Rio e segue busca à liderança
(Foto: Lucas Uebel / Grêmio)
Internacional
0 1
Grêmio
Internacional: Muriel; William, Paulão, Ernando e Artur; Rodrigo Dourado, Fernando Bob (Gustavo Ferrareis), Fabinho e Seijas (Valdívia); Eduardo Sasha e Vitinho. Técnico: Argel Fucks
Grêmio: Marcelo Grohe; Edilson, Thyere, Fred e Marcelo Oliveira; Walace, Jailson (Ramiro), Giuliano, Douglas (Miller Bolaños) e Everton (Pedro Rocha); Luan. Técnico: Roger Machado
Placar: 0-1, min.21', Douglas
ÁRBITRO: Dewson Freitas, Tatiane Sacilotti e Emerson de Carvalho (trio paraense)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016, disputada no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

No Beira-Rio, clássico Gre-Nal 410 para Internacional e Grêmio. Os tricolores saíram vitoriosos em gol marcado por Douglas, ainda no primeiro tempo. No segundo, o Colorado pressionou, mas a defesa gremista aguentou os ataques rivais e segurou mais três pontos importantes no Campeonato Brasileiro 2016.

O Grêmio não vencia no Beira-Rio desde 2012 e agora soma 22 vitórias em campeonatos nacionais contra o Inter, levando vantagem nesse retrospecto.

Com o resultado, o Grêmio sobe ao segundo posto parcialmente na tabela, indo a 24 pontos. O Inter esperará a rodada para ver se continua no G-4 da competição. No momento, fica com 20 pontos e é ameaçado por Flamengo, Santos, Atlético-MG, São Paulo e Chapecoense.

Na próxima rodada, o Grêmio recebe o Figueirense na Arena, às 11h do próximo domingo. Já o Internacional terá o compromisso à tarde, quando encara o Santa Cruz, em Recife, às 16h.

Gre-Nal de intensidade e abertura de placar com Douglas

Antes da bola rolar, o atacante Mike, do Internacional sentiu o joelho no aquecimento e ficou de fora da relação, com Alisson Farias indo ao banco. Em campo, Argel também preparou uma escalação com três volantes, com Rodrigo Dourado, Fabinho e Fernando Bob; Seijas como armador.

Às 11h03, o Grêmio deu a saída de bola para o Gre-Nal. A primeira chance foi mesmo gremista, aos 4 minutos. Jailson serviu passe na entrada da área para Luan, o jogador dominou e buscou o ângulo, mas a bola subiu demais.

Aos 9 minutos, o Inter ganhou escanteio pela direita. O venezuelano Seijas cobrou no miolo da área, Paulão subiu, mandou a cabeçada e a finalização passou por cima. O jogo seguia mais pelo meio de campo, porém,  as chances apareciam. Do lado do Grêmio, Everton chutou desviado aos 10' e, pelo Inter, Eduardo Sasha também buscou o ângulo, mandando por cima aos 13'.

Pela esquerda, o lateral Artur buscou espaço aos 14 minutos e mandou o chute de longe. Marcelo Grohe defendeu firme. Douglas recuperou bola no meio e serviu Luan, que chutou fraco para defesa.

O gol do Grêmio surgiu em outra recuperação de bola. Luan serviu passe na área para entrada de Everton pela esquerda, o Cebolinha bateu cruzado, Muriel rebotou e Douglas infiltrou o centro para finalizar às redes, antecipando a zaga: 1 a 0 para o Tricolor.

Após o gol, o Inter buscava se ajeitar no jogo. No Grêmio, Marcelo Oliveira tentou jogada pela esquerda, ela seguiu e Everton sofreu falta à frente da área. Após quase o equivalente a uma parada técnica, foi Luan quem bateu e mandou por cima. Em seguida, Argel preparou a primeira troca colorada. Sacou o volante Fernando Bob e adiantou o time com o meia Gustavo Ferrareis.

Na primeira jogada, aos 30 minutos, Ferrareis forçou passagem na área, Jailson errou o bote, o colorado pediu o pênalti e o árbitro mandou seguir. O Grêmio veio em velocidade minutos depois, com Everton pela esquerda, infiltrando, ele tocou para Douglas, que finalizou de primeira por cima.

Aos 37 minutos, o Vitinho arrumou escanteio pela esquerda, ele mesmo cobrou, houve a casquinha na primeira bola e Sasha, no segundo lance, furou em bola, deixando passar pela linha de fundo. Jogadores do Grêmio, Fred e Edilson ainda bateram boca sobre o lance perigoso na área tricolor.

Em outro lance, Luan sofreu falta de Artur, houve o desentendimento dos atletas após a jogada e o árbitro preferiu amarelar os dois jogadores. A última chance da etapa inicial foi colorada: Douglas inverteu completamente errada uma bola, William dominou e tocou para Sasha, que chutou forte, mas por cima da meta. Com apenas um minuto de acréscimo, Dewson Freitas encerrou o primeiro tempo.

Inter pressiona, mas Grêmio segura importante vitória fora de casa

Sem modificações na escalação no intervalo, Inter e Grêmio voltaram a campo. Em dois escanteios, as duas tentativas iniciais do Colorado. Sasha, com algum espaço, pegou mal na bola e mandou alta.

Aos 5 minutos, outro corner, cobrado por Seijas, com a possibilidade de botar fechado. Foi o que ele fez, Grohe se atrapalhou com Rodrigo Dourado e quase o Inter igualou na pequena área.

Rafael Thyere esticou demais a perna, não recolheu e atingiu fortemente o adversário. Cartão amarelo para o zagueiro gremista. Aos 11 minutos passados, Ferrareis recuperou bola em erro de Douglas, avançou pelo meio e chutou forte, com a bola passando rente à trave.

Aos 14 minutos, Vitinho fez uma jogada genial, invadiu a área, bateu com força, carimbou a marcação e no rebote, Eduardo Sasha não conseguiu aproveitar. As chances seguiam na blitz colorada, o zagueiro Paulão deu lindo drible na esquerda da área, saiu cara a cara com Grohe e chutou cruzado, novamente próximo à trave.

Irritado, Vitinho derrubou Edilson e recebeu o cartão amarelo. Na demora para esta reposição, Marcelo Grohe, goleiro do Grêmio, também recebeu cartão. Aos 18 minutos, Seijas deixou o campo e Valdívia, sete meses após lesão, voltou ao gramado do Beira-Rio em jogos. Em seguida, Sasha caiu de mau jeito e recebeu atendimento médico.

O Inter seguiu melhor. Ferrareis levou em velocidade, tocou atrás na esquerda para Vitinho, o atacante ajeitou o chute colocado e mandou à direita da meta. Aos 27 minutos, Douglas deixou o campo para entrada de Miller Bolaños, voltando após a Copa América e recuperação de lesão.

Já Argel puxou Anderson ao jogo como entrada na etapa final. O Inter teve chance pela direita em falta. Ferrareis não conseguiu finalizar em cheio na pequena área e Grohe segurou firme. Em outro lance, aos 31', Vitinho novamente arriscou de fora e o chute subiu. O Grêmio, todavia, errava muitos passes e não conseguia respirar e sair de trás.

Roger Machado chamou Ramiro no lugar de Jailson. Já o garoto Everton foi substituído pelo também jovem Pedro Rocha, para tentar maior posse e saídas no ataque. Funcionou nos minutos seguintes. O Inter voltou a criar só num passe à frente, que Grohe saiu, ficou com a bola e foi atingido por Anderson, que recebeu cartão amarelo.

Vitinho teve grande chance a 41', mas o chute novamente desviou na defesa e saiu em escanteio. Na cobrança de Valdívia, por detalhes o Inter não desviou às redes gremistas. Luan, do outro lado, recebeu de Miller Bolaños e chutou cruzado para fora.

Aos 45 minutos, nova falta ao Inter. Cobrança na área com direito à subida do goleiro Muriel e Ernando, o zagueirão, testou pela linha de fundo, à esquerda do alvo. Do outro lado, espaço para Pedro Rocha correr, fintar e chutar fraco para Muriel defender.