Lesão de Everton é confirmada e atacante desfalca Grêmio por três semanas

Atacante tem previsão de desfalque por três rodadas e Roger Machado fará treinos para encontrar substituto diante do América-MG

Lesão de Everton é confirmada e atacante desfalca Grêmio por três semanas
Everton aplica drible em Michel Bastos na 16ª rodada do Brasileirão (Foto: Lucas Uebel / Grêmio)

Um lance do segundo tempo entre Grêmio e São Paulo custa caro ao Tricolor gaúcho. O atacante Everton fez o movimento para dar um passe à frente e sentiu a perna direita. Ainda tentou firmar o pé no chão e seguir a trajetória no jogo, mas foi impossibilitado por uma contusão. Foi confirmada a gravidade de uma lesão de grau 2 no músculo posterior da coxa. Everton ficará de fora por até três semanas.

O ataque do Grêmio, portanto, estará modificado para enfrentar o lanterna América-MG, no próximo domingo (31). O técnico Roger Machado já não tem à disposição o atacante Luan, com a Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos. Dessa maneira, a formação ofensiva diante do São Paulo teve o meio de campo com Douglas, Negueba (com a saída de Giuliano) pela esquerda, Everton pela direita e Miller Bolaños à frente.

As opções de Roger para ausência de Everton são Pedro Rocha e Henrique Almeida, pela vaga, com Bobô também podendo ser a referência de ataque. Se no ataque surge esta incomodação ao comandante, na defesa, o lateral-esquerdo Marcelo Oliveira retorna após cumprir suspensão. O jovem Iago fez a função no jogo diante do São Paulo.

Dessa maneira, o Tricolor Porto-Alegrense buscará mais três pontos e a sexta vitória em sete jogos. Nas últimas cinco rodadas, possui o melhor aproveitamento de pontos e a vitória em cima dos paulistas colocou o Grêmio na condição de melhor mandante.

No momento, o Mosqueteiro tem 30 pontos e divide a vice-liderança com o Corinthians. O Palmeiras lidera com 32. Para o jogo em Minas Gerais, o Grêmio precisará de atenção, pois a última derrota foi justamente contra um time que ocupava a zona de rebaixamento, o Sport Recife, atual 14º colocado.

No jogo em Recife, a bola aérea foi o principal problema enfrentado, que espera ser corrigido com a manutenção da defesa formada pela dupla Geromel e Wallace Reis, sem problemas contra o São Paulo.