Wallace Reis critica desinteresse geral dos futebolistas: "Nenhum jogador tem que ser alienado"

Jogador do Grêmio afirma também que já chegou até a ser criticado por ler livros

Wallace Reis critica desinteresse geral dos futebolistas: "Nenhum jogador tem que ser alienado"
Wallace falou sobre diversos temas. (Foto: Eduardo Deconto)

Após o treino desta quarta-feira (31), o zagueiro Wallace Reis, do Grêmio, foi para a entrevista coletiva motivado a comentar e opinar mais sobre assuntos gerais, tratando principalmente dos acontecidos do dia de hoje, como a votação e a definição do afastamento da presidente Dilma Rousseff.

Conhecido por ser leitor assíduo e até dono de biblioteca, Wallace falou sobretudo acerca da dificuldade de ser aceito pelos outros futebolistas, que não partilham dos mesmos costumes que ele.

"Eu cheguei a passar por um momento onde me criticavam até porque eu lia livros. É sacanagem os caras dizerem que eu não poderia ser zagueiro só porque leio livros. Isso é um absurdo. Não consigo aceitar que um formador de opinião fale algo assim. É de doer o coração. Nenhum jogador tem que ser alienado, acéfalo, por comodismo." ressaltou o zagueiro.

Ao entrar no assunto de política, o jogador do Grêmio também criticou o cenário atual, deixando clara sua insatisfação com as decisões do Congresso.

"Eu vi o legislativo sendo contraditório e controverso. Ela sofre o impeachmant e pode se eleger. Mas é normal do nosso país, nós somos contraditórios, não dá para ter muito argumento, nosso legislativo é esta baderna mesmo."

Por fim, Reis também falou sobre suas experiências com o grupo de jogadores do Flamengo, que não o acompanharam quando o mesmo tentou introduzi-los na temática política do esporte e do país.

“Coloquei ano passado a MP 671 (que instituiu o Profut) no vestiário. Só dois atletas vieram me perguntar o que era. Também já comprei várias brigas sindicais, achando que o grupo iria me acompanhar. O cara não quer benefício, não tem noção do que é, não pensa nisso, pensa em outras coisas. Vai deixando a chance de ter um futebol melhor passar porque não está interessado." lamentou o defensor.