Buscando o G-6, Grêmio e Atlético-PR duelam em Porto Alegre

Valendo posições importantes na tabela, Tricolor e Furacão enfrentam-se pela quarta vez na temporada

Buscando o G-6, Grêmio e Atlético-PR duelam em Porto Alegre
(Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
Grêmio
Atlético Paranaense
Grêmio: Bruno Grassi; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace (Jailson), Maicon, Ramiro e Douglas; Luan e Everton (Pedro Rocha). Técnico: Renato Portaluppi
Atlético Paranaense: Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Marcão; Otávio, Matheus Rossetto, Hernani, Lucho González e Juninho (M. Guilherme); Pablo. Técnico: Paulo Autuori
ÁRBITRO: Pericles Bassols Cortez, auxiliado por Clovis Amaral da Silva e Cleberson do Nascimento Leite (todos de PE)
INCIDENCIAS: Jogo válido pela 30° rodada da Série A do Campeonato Brasileiro

Na noite desta quinta-feira (14), Grêmio Atlético Paranaense farão duelo de vital importância para os aspirantes ao G-6. Na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, as equipes - já grandes rivais - jogarão pela quarta vez só nesta temporada. A partida terá início às 21h pelo horário de Brasília.

Mais próximo da zona de classificação para a Copa Libertadores, o Furacão é hoje o sétimo colocado, com 45 pontos ganhos e tendo vencido três dos últimos cinco jogos (3V 2D), enquanto o Tricolor vem de duas vitórias e três derrotas na competição, em nono lugar com 43 pontos.

A temporada atual já viu as equipes enfrentarem-se três vezes, sendo uma pelo Brasileirão e duas pela Copa do Brasil. Com duas vitórias e uma derrota, o time paranaense sai vitorioso do confronto até aqui, tendo vencido por 2 a 0 em casa e 1 a 0 fora, no jogo que culminou com a eliminação na Copa.

Grêmio: daqui para frente, cada jogo é uma decisão

No lado tricolor de Porto Alegre, a palavra agora é decisão. Tendo mais oito jogos - sem contar a Copa do Brasil - na temporada, a equipe busca focar-se em conseguir vaga para a Libertadores. Com isso em mente, o lateral-direito Edílson falou sobre os próximos jogos da equipe.

"Chegamos agora na reta final, onde faltam dez jogos e podemos brigar por G-4 ou G-6. São finais. A nossa equipe está muito preparada para isso, são jogos que às vezes no primeiro turno falamos que vamos recuperar no segundo. Agora, perdeu já era. Por isso digo que são decisivos." explicou o paranaense.

Aproveitando o tema das decisões, o jogador também ressaltou que o time está preparado para o jogo desta noite.

"O Atlético é uma equipe muito boa, bem treinada taticamente, com postura aérea defensiva muito boa também. Vamos com tudo definido para fazer um belo jogo e vencer." motivou o lateral.

Na escalação, o técnico Renato Portaluppi deverá finalmente dar uma chance ao atacante Éverton, que volta de lesão e deixaria Pedro Rocha no banco de reservas. O Grêmio também contará com o retorno do volante e capitão Maicon.

Atlético pensa na temporada 2013 para chegar no G-6

Vindo de vitória em casa contra a Chapecoense, o Furacão agora mantém o foco na visão geral da temporada. Mas pensando na campanha de três anos atrás, o técnico Paulo Autuori garante que ainda vê a equipe como séria candidata à Copa Libertadores.

"Se você for fazer comparações nos últimos anos, inclusive 2013, que atingiu a Libertadores, nós temos hoje um aproveitamento de 51%, com nove jogos a serem realizados. No ano de 2013, terminou com a equipe dentro de zona de Libertadores e com um aproveitamento de 51%. Então, minha preocupação é com o todo. Se, no final, nós conseguirmos atingir os objetivos traçados, maravilha." analisou o treinador.

Para a partida desta noite, a novidade fica por conta da volta do meia Hernâni. Já no ataque, o centroavante André Lima, amado pela torcida tricolor, ficará de fora da partida. O time ainda terá também as ausências de Lucas Fernandes (suspenso) e Luan (lesionado).