"Hoje eu quero comemorar a classificação", diz Renato após empate contra Palmeiras

Resultado colocou o tricolor nas semifinais da Copa do Brasil, e o comandante diz que apenas "a partir de amanhã" pensará no Gre-Nal de domingo, válido pelo Campeonato Brasileiro

"Hoje eu quero comemorar a classificação", diz Renato após empate contra Palmeiras
Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Após a classificação diante do Palmeiras, pela Copa do Brasil, o técnico Renato Portaluppi falou sobre a partida e projetou a preparação da equipe para o clássico Gre-nal, que ocorre no próximo domingo, na Arena do Grêmio. Segundo ele, o clássico começará a ser pensado apenas amanhã. "Hoje eu quero comemorar a classificação. Uma classificação heróica. A partir de amanhã penso no Gre-nal", disse.

Sobre a escalação que será enviada à campo no domingo, o comandante gremista não cravou se será equipe titular, mista ou reserva. Segundo ele, a partir de quinta-feira conversará com a comissão técnica e departamento médico para definir a equipe que jogará o Gre-Nal 411.

"A palavra final sempre é a do treinador, mas sou aberto à conversas, Vou conversar com o presidente Romildo, com o Espinoza e com o departamento médico. De repente alguém não está em condições. É importantíssima a palavra do departamento médico, e claro, a palavra do próprio jogador", disse Renato, que ainda completou dizendo que é importante que independente que quem jogue, dê conta do recado:

"O importante é que quando eu chame um jogador, ele me dê resposta positiva. É final de ano, os jogadores estão cansados e tem que ter cuidado, pois pode aparecer uma lesão", completou.

Classificação heróica

Sobre a partida, o técnico destacou alguns pontos importantes sobre a atuação da equipe tricolor, porém, dá mais crédito ao resultado que levou à classificação. "O mais importante de tudo foi a classificação. Foi o nosso objetivo. O que vale é o resultado", disse. Porém, nem tudo foi positivo em sua análise. O treinador destacou o fato de que, em certos momentos de ataque, a equipe poderia ter liquidado a partida mas não aproveitou as chances, principalmente na parte final do jogo.

"Um jogo desse tamanho você não pode dar mole. Tem muita malandragem porque é jogo decisivo. Não pode tirar a atenção do jogo. A gente não pode dar mole de perder as chances com um a mais, pensando que o jogo estava decidido. E pode ter certeza que esse vai ser um tema que vou conversar com o grupo."

Como ocorrido em outras partidas, o Grêmio sofreu com a bola aérea. O treinador também comentou sobre o ocorrido, mas minimizou os erros. "Vou ver o video do gol que tomamos, vou puxar a orelha. Tomamos um gol no domingo passado, e um hoje. O Grêmio não vai ser imbativel na bola aérea, as vezes vai tomar gol, mas vou ver o vídeo e vai ter puxão de orelha", destacou.

Na metade do segundo tempo, o treinador foi expulso pela arbitragem após excesso de reclamação, porém, após o jogo Renato afirmou que estava falando com o Douglas, e não reclamando do árbitro. O treinador ainda comentou sobre Everton, autor do gol da classificação, e disse com bom-humor: "de repente ele tem visto meu DVD".