Assim como em Porto Alegre, Grêmio desembarca em BH sob forte apoio da torcida

Tricolor Gaúcho recebe incentivo maciço no embarque e desembarque rumo à final da Copa do Brasil; Edilson elogia recepção, mas garante foco total da equipe

Assim como em Porto Alegre, Grêmio desembarca em BH sob forte apoio da torcida
Gremistas chegaram cedo ao hotel onde delegação Tricolor está hospedada (Foto: Matheus Adler/VAVEL Brasil)

O Grêmio já está em Belo Horizonte para a primeira partida da grande final da Copa do Brasil, contra o Atlético-MG, nesta quarta-feira (23), às 21h45, no Mineirão. Assim como no embarque em Porto Alegre, onde a equipe recebeu apoio maciço da torcida, a delegação foi recebida sob muita festa na capital mineira.

Cerca de 80 gremistas aguardavam a delegação Tricolor no hotel, que virou um caldeirão. Torcedores como Thiago Dias, que saiu de Porto Alegre para acompanhar os primeiros 90 minutos no Mineirão. O Gigante da Pampulha que é bem familiar de Thiago, já que estava na vitória gaúcha, sobre o Cruzeiro, no primeiro jogo da semifinal, por 2 a 0.

Dias aproveitou para tirar um sarro do rival Internacional, que vive situação difícil no Campeonato Brasileiro, e falou sobre a chance do time se sagrar o maior vencedor de Copas do Brasil: "Melhor impossível, ainda mais se o Inter cair pra segunda divisão. Porto Alegre vai parar por uma semana. Grêmio será campeão e o Inter estará na Série B", cutucou Thiago, que é sócio do Tricolor Gaúcho e estará na Arena do Grêmio para o segundo duelo, na próxima quarta (30), às 21h45.

Thiago Dias estará presente nas duas partidas da grande final da Copa do Brasil (Foto: Matheus Adler/VAVEL Brasil)
Thiago Dias estará presente nas duas partidas da grande final da Copa do Brasil (Foto: Matheus Adler/VAVEL Brasil)

O lateral-direito Edílson concedeu uma mini entrevista coletiva ainda no hall do hotel. O jogador elogiou a força da torcida, mas descartou qualquer tipo de euforia no elenco: “Maravilhoso. Sempre bom ter a torcida ao nosso lado. Esse clima de euforia deles não tá no nosso grupo. Estamos muito conscientes de que serão dois jogos muito difíceis. A euforia fica para o lado de fora. Temos apenas que imprimir o que fizemos nos últimos dias”, declarou.

Edílson guarda boas recordações do Mineirão, desde a vitória contra o Cruzeiro. Mas agora, o lateral reconhece que o clima será atípico: “É um jogo diferente, é uma final. Respeitamos bastante a equipe deles, mas esperamos fazer um grande jogo e que possamos imprimir nosso ritmo, nossa posse de bola e tentar encontrar os espaços onde nós treinamos bastante. Esperamos que nosso jogo possa fluir amanhã”, concluiu.

Edílson quer mais uma vitória no Mineirão, agora, contra o Atlético-MG (Foto: Divulgação/Grêmio)
Edílson quer mais uma vitória no Mineirão, agora, contra o Atlético-MG (Foto: Divulgação/Grêmio)

Na programação, está prevista um jantar, seguida de uma palestra comandada pelo técnico Renato Portaluppi. 

Confira a festa gremista no hotel em Belo Horizonte: