Robinho perde pênalti, Grêmio liquida partida no primeiro tempo e vence Atlético-MG

Pedro Rocha e Fernandinho marcam na etapa inicial e decretam triunfo do Imortal; Rogério Micale amarga sua quarta derrota em três jogos à frente do Galo

Robinho perde pênalti, Grêmio liquida partida no primeiro tempo e vence Atlético-MG
Foto: Lucas Uebel/Getty Images
Grêmio
2 0
Atlético-MG
Grêmio: Paulo Victor; Léo Moura, Bruno Rodrigo, Bressan, Marcelo Oliveira; Arthur, Maicon (Jaílson, min. 41/2ºT), Everton (Patrick, min. 41/2ºT); Fernandinho, Luan, Pedro Rocha (Lincoln, min. 22/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho.
Atlético-MG: Victor; Alex Silva, Bremer, Matheus Mancini, Leonan; Roger Bernardo, Adilson (Marlone, min. 31/2ºT), Yago; Otero, Elder (Robinho, min. 1/2ºT), Valdívia (Pablo, min. 43/2ºT). Técnico: Rogério Micale.
Placar: 1-0, min. 5/1ºT, Pedro Rocha. 2-0, min. 27/1ºT, Fernandinho.
ÁRBITRO: Flávio Rodrigues de Souza (SP). Cartões amarelos: Bremer (min. 25/2ºT), Maicon (min. 39/2ºT), Arthur (min. 46/2ºT), Paulo Victor (min. 46/2ºT).
INCIDENCIAS: Partida válida pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, realizada na Arena do Grêmio, em Porto Alegre/RS.

Com dois gols no primeiro tempo, o Grêmio venceu, na tarde deste domingo (6), o Atlético-MG, por 2 a 0, em Porto Alegre/RS. O Imortal aproveitou a passividade do Galo e chegou à vitória com tentos de Pedro Rocha e Fernandinho. Robinho, do time atleticano, ainda perdeu um pênalti nos últimos minutos da segunda etapa. A partida foi válida pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro

O resultado mantém o Grêmio na vice-liderança, com 39 pontos, a oito do líder Corinthians. Já o Atlético cai três posições: tem 23 pontos e aparece na 14ª colocação, e ainda pode cair mais um lugar caso a Ponte Preta derrote o Vasco, em Campinas/SP, no decorrer da rodada.

Grêmio e Atlético viram a chave e começam a pensar na Copa Libertadores da América. Ambos entrarão em campo na quarta-feira (9). Às 19h15, o Imortal pegará o argentino Godoy Cruz, na Arena do Grêmio. Já o Galo enfrentará o Jorge Wilstermann, da Bolívia, no Mineirão, às 21h45.

Pelo Brasileirão, gaúchos e mineiros jogarão novamente no próximo domingo (13). Às 19h, o time gremista visitará o Botafogo, no Estádio Nilton Santos. A equipe atleticana, por sua vez, receberá o Flamengo, no Mineirão, às 16h.

Grêmio marca dois em cima do apático Atlético-MG

Com uma equipe alternativa – o goleiro Victor era o único titular em campo –, o Atlético-MG não se acanhou jogando na casa do Grêmio. Logo aos três minutos, Valdívia cobrou falta perigosa e exigiu boa defesa de Paulo Victor, que espalmou para a linha de fundo. No entanto, após a cobrança de escanteio do Galo, o Imortal acertou um contragolpe avassalador e abriu o placar. Everton cruzou para pequena área, e Pedro Rocha cabeceou firme.

O Atlético usava as beiradas de campo para tentar chegar à meta gremista. Valdívia era o jogador atleticano que mais buscava jogo; em tiro de fora da área, ele colocou Paulo Victor para trabalhar. Já o Grêmio apresentava o mesmo entrosamento dos últimos jogos, com muitas triangulações em velocidade.

Aos 27 minutos, os donos da casa ampliaram a vantagem. Livre na ponta direita, Léo Moura cruzou, Pedro Rocha desviou de cabeça, Victor defendeu e deu rebote, que sobrou para Fernandinho estufar as redes alvinegras. O atacante marcou seu sexto gol no Brasileirão e se tornou o artilheiro isolado do time no certame.

Perdendo por dois gols de diferença, o Galo se mostrava um time apático em campo, de modo que não buscava pressionar o Grêmio no ataque. Os tricolores, portanto, controlaram o primeiro tempo e não deram perdoaram o ritmo lento dos atleticanos.

Robinho desperdiça pênalti, e Grêmio leva os três pontos

Rogério Micale, técnico do Atlético-MG, trouxe seu time para disputar o segundo tempo com uma alteração. Robinho entrou no lugar de Elder, apagado na etapa inicial. Mas mesmo com a alteração, a equipe mineira continuou envolvida pelo Grêmio. Aos cinco minutos, Pedro Rocha recebeu na ponta esquerda e soltou um foguete de canhota, que acertou a trave.

A primeira oportunidade do Galo no segundo tempo saiu aos 17 minutos. Alex Silva mandou por cima da zaga gremista, e Robinho pegou de primeira, por cima da meta de Paulo Victor. Minutos mais tarde, o camisa 7 do Galo arriscou novamente de fora da área, mas o chute saiu sem força, e o arqueiro tricolor fez a defesa.

O jogo se manteve monótono no decorrer do segundo tempo. O Grêmio não forçava mais, ao passo que o Atlético pouco apertava. Porém, aos 44 minutos, Bruno Rodrigo cometeu pênalti em cima de Bremer. Era a chance de diminuir o prejuízo. Robinho, contudo, cobrou a penalidade no meio do gol, e Paulo Victor nem precisou de mexer muito para espalmar para fora.


Share on Facebook