Grêmio quer ser primeiro brasileiro a conquistar tri da América em décadas distintas

Clube gaúcho busca tricampeonato da América contra o Lanús e chama atenção de jogadores de clube europeu

Grêmio quer ser primeiro brasileiro a conquistar tri da América em décadas distintas
Imagem: Rodrigo Rodrigues / editoria de arte da VAVEL Brasil

A equipe comandada por Renato Portaluppi faz campanha admirável na Copa Libertadores da América 2017, beirando a perfeição o Grêmio perdeu apenas dois jogos, o primeiro contra o Deportes Iquique ainda na fase de grupos pelo placar de 2 a 1, e o segundo, agora na semi-final contra o Barcelona de Guayaquil por 1 a 0 tendo a vantagem da vitória de 3 a 0 no primeiro jogo. Esta segunda derrota foi a única sofrida em casa durante todo o campeonato, o que reforça a efetividade tricolor.

Efetividade porque a equipe foi eficiente e precisa nos momentos decisivos, e garantiu o avanço na Copa e também porque pode trazer um outro feito ao clube - o de ser o primeiro brasileiro a conquistar três títulos em três décadas diferentes, 1983, 1995 e 2017.

Em 1983, no ano em que comemorava 80 anos, o Grêmio conquistou a primeira Libertadores com Mazaropil, Paulo Roberto, Baidek, De Léon, Casemiro, China, Osvaldo, Tita, Caio, Tarciso e Renato Portaluppi na época como centroavante. O time de Valdir Espinosa venceu o Peñarol por 2 a 1, com gols de Caio e Cesar em pleno Estádio Olímpico.

O Imortal só voltou a vencer na competição 12 anos depois, o técnico era Luiz Felipe Scolari, o Felipão e dessa vez o título foi conquistado fora de casa. Na Colômbia, o Grêmio aproveitou a vantagem de 3 a 1 da primeira partida da final e empatou em 1 a 1 com o Atlético Nacional, no estádio Atanasio Girardot. Com ídolos da torcida gremista: Danrlei, Arce, Rivarola, Adílson, Roger, Dinho, Goiano, Arílson, Carlos Miguel, Paulo Nunes e Jardel a equipe conquistou o bi da América.

Agora em 2017 o Grêmio volta à uma final de Libertadores, desde 2011 o time gaúcho não conseguia passar das oitavas de final da competição sendo eliminado por Universidad Católica (2011), Santa Fe (2013), San Lorenzo (2014) e Rosario Central (2016).

Se nos próximos dias ganhar do outro finalista, o Lanús, Renato Portaluppi pode fazer ainda mais história no clube e se consagrar como o primeiro profissional a ser campeão como jogador e técnico pela mesma equipe na Libertadores da América.

Dessa vez os titulares do comandante gremista devem ser: Grohe, Edilson, Pedro Geromel, Kannemann, Bruno Cortez, Jaílson, Arthur, Ramiro, Luan, Fernandinho e Lucas Barrios.

E na Espanha, Grêmio é assunto no Barcelona

O futebol apresentado pelo tricolor chama atenção também pelo ataque poderoso, com Luan e Lucas Barrios entre os cinco artilheiros da competição, pelas defesas de Marcelo Grohe e pelo “jogo bonito” que atraiu a curiosidade dos jogadores Messi, Suaréz e Mascherano, interessados no atual elenco gremista.