Em 'teste final' para Libertadores, Grêmio recebe São Paulo na Arena

Gaúchos usa pela última vez titulares antes da decisão do torneio continental; se vencer, Tricolor Paulista garante permanência na elite

Em 'teste final' para Libertadores, Grêmio recebe São Paulo na Arena
No Morumbi, empate em 1 a 1 nesta temporada (Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)
Grêmio
São Paulo
Grêmio: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann, Cortez; Michel, Arthur, Ramiro, Luan, Fernandinho; Barrios.
São Paulo: Sidão; Araruna, Arboleda, Rodrigo Caio, Edimar; Jucilei, Petros, Hernanes; Marcos Guilherme, Pratto, Maicosuel.
Placar:
ÁRBITRO: Rodolpho Toski Marques.
INCIDENCIAS: Partida válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017. Realizada na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Historicamente acostumados a disputar por posições no alto da tabela do Campeonato Brasileiro, Grêmio e São Paulo se enfrentam nesta quarta-feira (15) em Porto Alegre, pela 35ª rodada da competição, com objetivos completamente diferentes neste fim de temporada.

Os donos da casa encaram a partida como o último teste para a grande decisão da Libertadores da América. A primeira partida da final diante do Lanús acontece no dia 22, em casa. Na semana seguinte, vai até a Argentina para o segundo duelo.

Bastaram 4 horas para que os ingressos do primeiro jogo da final fossem vendidos; restam apenas camarotes

Desde as semifinais os gremistas tem atuado pouco com seus titulares no Brasileirão, mesmo assim, chegaram a incomodar em alguns momentos a liderança do Corinthians, que pode garantir o título nesta quarta com uma simples vitória do rival São Paulo no Sul.

+Renato admite má atuação, mas valoriza vitória e quebra de jejum em Campinas

Levando em conta os desempenhos e os resultados alcançados pelo São Paulo no decorrer do ano, podemos dizer que o clube vive um momento 'lindo' na temporada. O Tricolor não perde a cinco jogos, e viu até mesmo uma possibilidade de garantir uma vaga para a próxima Libertadores se aproximar. Contudo, ainda restam três pontos a serem conquistados para que a ameaça do rebaixamento seja colocada de lado. Ainda sem Cueva, na Seleção Peruana, Dorival Júnior deve promover a titularidade de Maicosuel em Porto Alegre.

Campeão em 2014, Kannemann fala da ansiedade pela decisão da Libertadores

A experiência de um elenco é fator determinante para que o mesmo alcance sucesso em sua caminhada. Para o zagueiro Kannemann, uma decisão de Libertadores da América não é novidade. O argentino campeão pelo San Lorenzo há três temporadas falou sobre a expectativa de voltar a disputar uma final.

"O Grêmio está se preparando muito bem, está todo mundo consciente da importância dos jogos finais, tanto do Brasileiro quanto da Copa. Todo mundo está trabalhando, fazendo as coisas que tem que fazer, se cuidando em casa, vindo treinar com vontade. Está todo mundo fazendo as coisas certas. São coisinhas pequenas, em vez de comer chocolate, tomar café descafeinado, dormir a meia-noite ao invés da uma... Coisas pequenas", disse o zagueiro.

+Paulinho revela curiosidade de Messi e Suárez a respeito do atual time do Grêmio

Kannemann ainda falou sobre como o Grêmio deve encarar a partida desta quarta em Porto Alegre: "É um jogo muito importante pelos três pontos. Temos como objetivo tentar ficar na segunda colocação. Além disso, serve para preparação para final da Libertadores. Todo mundo sabe que ela está lá, dia 22, então mesmo que não queira, em uma parte da mente está nesse jogo", concluiu.

Focado na fuga do Z-4, Petros evita falar sobre Libertadores

Um dos principais líderes do elenco são-paulino nesta temporada, o volante Petros cedeu entrevista coletiva no CT da Barra Funda nesta terça-feira (14). 

Mantendo os pés no chão, seguindo as declarações de outros integrantes do plantel do Tricolor, Petros ressaltou que fugir da zona de rebaixamento é o único objetivo são-paulino neste momento: "Alguns estão contando que Grêmio e Flamengo são campeões. O Flamengo sem Guerrero e em uma fase não tão boa. Estão colocando G-9 e ainda falta uma final. Como as pessoas colocavam o São Paulo rebaixado há alguns meses com um turno inteiro pela frente. Claro que se faz 12 pontos de 12 pontos que faltam, pode chegar. Se acontecer de Flamengo e Grêmio serem campeões, beleza. Mas minha concentração e de todos é livrar o São Paulo", disse.

Deu Grêmio nas últimas duas partidas realizadas em Porto Alegre diante do Tricolor Paulista

+Dorival analisa empate e elogia postura são-Paulina em sequência positiva

Petros ainda falou sobre a personalidade e união que o elenco tem demonstrando nas últimas semanas: "Se o grupo mostrasse fraqueza, o São Paulo estaria rebaixado há três meses. Por outro lado, posso confirmar algo do vestiário para fora: todo esse sofrimento, o que apanhamos, tudo o que foi falado nos fortaleceu como grupo de uma forma que talvez ninguém possa imaginar. Talvez por isso a importância de se manter a base para o ano que vem. Doeu muito passar tanto tempo na zona de rebaixamento (14 rodadas). Tudo isso nos deixou muito fortalecidos como grupo, então por isso acho importante manter a base para 2018", finalizou.