Argentinos levam vantagem sobre clubes brasileiros em finais de Libertadores

Com Boca Juniors como principal algoz dos brasileiros, país da seleção Albiceleste venceu mais decisões de Libertadores

Argentinos levam vantagem sobre clubes brasileiros em finais de Libertadores
Foto: Divulgação / Club Atlético Boca Juniors

O Grêmio enfrenta o Lanús na final da Copa Libertadores 2017. O Tricolor gaúcho está diante de argentinos mais uma vez na decisão continental. Acabou derrotado para o Independiente em 1984 e para o Boca Juniors na final de 2007. Em busca de um destino diferente, não vai ser fácil degladiar contra o Lanús, em mais um duelo entre brasileiros e argentinos na disputa por taça da América do Sul.

Ao todo, brasileiros e argentinos se enfrentaram em mata-mata em 50 disputas de Libertadores da América. Os argentinos passaram 28 vezes, enquanto os brasileiros levaram a melhor em 22. Os maiores carrascos são Boca Juniors e San Lorenzo. O Boca passou em 13 dos 16 mata-matas. O San Lorenzo enfrentou brasileiros quatro vezes e jamais foi eliminado.

O Lanús teve apenas um duelo contra brasileiros em Libertadores. Caiu diante do Vasco da Gama nas oitavas de final de 2012. Ao todo, na história do clube granate, é o oitavo mata-mata contra brasileiros. Venceu em três e perdeu em quatro até aqui. Destaque para o título que obteve sobre a Ponte Preta em 2012 na Copa Sul-Americana.

Em finais, Grêmio e Lanús travam a 14ª decisão entre brasileiros e argentinos em Libertadores da América. Folga na vantagem argentina. Foram nove títulos dos albicelestes contra apenas quatro títulos tupiniquins (9 x 4). O Grêmio, como frisado no primeiro parágrafo, faz parte da estatística negativa, ao perder as finais de 1984 e 2007.

No histórico entre Brasil e Argentina em finais de Libertadores:

1963

Santos 3 x 2 Boca Juniors
Boca Juniors 1 x 2 Santos
Santos campeão.

1968

Estudiantes 2 x 1 Palmeiras
Palmeiras 3 x 1 Estudiantes
No desempate no Uruguai: Estudiantes 2 x 0 Palmeiras
Estudiantes campeão.

1974

São Paulo 2 x 1 Independiente
Independiente 2 x 0 São Paulo
No desempate no Chile: Independiente 1 x 0 São Paulo
Independiente campeão.

1976

Cruzeiro 4 x 1 River Plate
River Plate 2 x 1 Cruzeiro
No desempate no Chile: Cruzeiro 3 x 2 River Plate
Cruzeiro campeão.

1977

Boca Juniors 1 x 0 Cruzeiro
Cruzeiro 1 x 0 Boca Juniors
No desempate no Uruguai: Boca Juniors 0 (5) x (4) 0 Cruzeiro
Boca Juniors campeão.

1984

Grêmio 0 x 1 Independiente
Independiente 0 x 0 Grêmio
Independiente campeão.

1992

Newell's Old Boys 1 x 0 São Paulo
São Paulo 1 (3) x (2) 0 Newell's Old Boys
São Paulo campeão.

1994

Vélez Sársfield 1 x 0 São Paulo
São Paulo 1 (3) x (5) 0 Vélez Sársfield
Vélez Sársfield campeão.

2000

Boca Juniors 2 x 2 Palmeiras
Palmeiras 0 (2) x (4) 0 Boca Juniors
Boca Juniors campeão.

2003

Boca Juniors 2 x 0 Santos
Santos 1 x 3 Boca Juniors
Boca Juniors campeão.

2007

Boca Juniors 3 x 0 Grêmio
Grêmio 0 x 2 Boca Juniors
Boca Juniors campeão.

2009

Estudiantes 0 x 0 Cruzeiro
Cruzeiro 1 x 2 Estudiantes
Estudiantes campeão.

2012

Boca Juniors 1 x 1 Corinthians
Corinthians 2 x 0 Boca Juniors
Corinthians campeão.