Na despedida da Arena em 2017, reservas do Grêmio empatam com Atlético-GO

Gols saem no segundo tempo, mas empate é decretado na despedida dos jogos oficiais da temporada na Arena do Tricolor

Na despedida da Arena em 2017, reservas do Grêmio empatam com Atlético-GO
Foto: Lucas Uebel / Grêmio
Grêmio
1 1
Atlético-GO
Grêmio: Paulo Victor; Leonardo, Bruno Rodrigo, R Thyere e Conrado; Cristian (Lucas Poletto), Machado (Vico), Kaio e Patrick; Dionathã (Jean Pyerre) e Beto da Silva. Técnico: Renato Portaluppi
Atlético-GO: Kléver; Jonathan, Gilvan, William Alves e Breno Lopes; Castro, Igor (Jefferson Nem), Jorginho; Andrigo, Luiz Fernando e Diego Rosa (Alison). Técnico: João Paulo Sanches
Placar: 0-1, Andrigo. 1-1, Lucas Poletto.
INCIDENCIAS: Partida válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, disputada na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. 8.259 torcedores presentes.

Na despedida da Arena do Grêmio em jogos oficiais em 2017, o Grêmio reserva encarou o já rebaixado e lanterna Atlético Goianiense. Em uma partida de pequeno público e poucas emoções, o Dragão goiano abriu o placar com Andrigo no segundo tempo, mas o atacante Lucas Poletto empatou para o Tricolor dois minutos mais tarde. O Grêmio soma 62 pontos na vice-liderança do Campeonato Brasileiro. O Atlético permanece na lanterna com 35.

Agora, o Grêmio foca completamente na final da Copa Libertadores na quarta-feira (29), às 21h45, em Lanús na Argentina. O Tricolor venceu a ida por 1 a 0 e joga por um empate para levantar a taça. O Lanús tenta mais uma reversão de placar, a exemplo das fases anteriores. O Atlético-GO encerra a participação na Série A jogando em casa diante do Fluminense. O Tricolor vai encarar o Atlético Mineiro fora na última rodada. Os jogos são no próximo domingo, às 17h00 (horário de Brasília).

Goianiense chega mais perto do gol na etapa inicial

O primeiro tempo iniciou tão calmo e sereno quanto a presença de público nas arquibancadas. A banda da Geral do Grêmio foi punida e não levou instrumentos para a partida. A punição ocorreu pela festa feita na final da Libertadores, com a leva de sinalizadores, proibidos nos estádios brasileiros. Para além disso, o público foi realmente pequeno apesar da tarde de sol em Porto Alegre. Este era o cenário da despedida do Grêmio de sua Arena em 2017. Um jogo para valer a vice-liderança, mas com o time completamente reserva em função da final da Libertadores.

Em campo, os gremistas até tentavam o toque de bola característico dos principais jogadores do elenco, mas não era a mesma coisa. O Atlético-GO criou asas no jogo e teve algumas chances. Andrigo aproveitou investida pela direita e chutou contra o lateral Conrado, o mesmo que havia falhado no posicionamento na origem do lance. Em outra jogada, Thyere não conseguiu cortar bola na área, a chance foi rolada para trás e Luiz Fernando chutou firme pela linha de fundo, à direita da meta.

Em escanteio aos 23 minutos, Gilvan ganhou no alto da defesa do Grêmio, mas mandou a bola para fora outra vez. O mesmo Gilvan entrou a bola em uma sucessão de erros goianos e o volante Kaio chutou para fora de dentro da área, quase inaugurando o placar ao Grêmio. Na melhor chance da partida, o Goianiense armou contra-ataque, o Grêmio não conseguiu cortar e a bola se ofereceu para Diego Rosa, mas ele disparou fraco para Paulo Victor defender firme e bem colocado. Antes do final da etapa, Leonardo, pelo Grêmio, e William Alves, pelo Atlético, levaram cartão amarelo.

Gols saem no segundo tempo, mas igualdade permanece

Breno Lopes perdeu chance aos 4 minutos ao finalizar cruzado para fora. O Grêmio respondeu no giro do cronômetro seguinte, quando Dionathã fez a jogada e Lucas Poletto, recém ingresso no lugar de Cristian, errou em bola.

E os lances com problemas na conclusão prosseguiram. Luiz Fernando fez ótima jogada aos 11 minutos, mas escorregou na hora de arrematar e perdeu a oportunidade. Quem recebeu chance foi Jean Pyerre, ingresso no lugar do meia Patrick. Do lado do Goianiense, também houve trocas propostas pelo técnico João Paulo Sanches.

E coube ao ex-colorado Andrigo abrir o placar. O meia tabelou meio sem querer com Diego Rosa e chutou no canto para fazer 1 a 0 aos 24 minutos do segundo tempo. Mas dois minutos depois, o atacante Lucas Poletto justificou sua entrada e aproveitou para empatar. Escanteio gremista, Thyere cabeceou a bola no travessão e Poletto foi às redes no rebote: 1 a 1.

Alison entrou no lugar de Diego Rosa pelo Atlético Goianiense. Vico no lugar de Machado no Grêmio. Mesmo com as mexidas, ninguém mais alterou a história do jogo. 1 a 1 na capital gaúcha e o Grêmio aguarda o jogo do Palmeiras para manter a vice-liderança.