Geromel é terceiro zagueiro a almejar Libertadores como capitão do Grêmio

Tricolor luta para libertar América pela terceira vez nesta quarta-feira (29); a exemplo das edições em que saiu campeão, tem zagueiro como capitão da equipe

Geromel é terceiro zagueiro a almejar Libertadores como capitão do Grêmio
Pedro Geromel encerra Libertadores como capitão do Grêmio (Foto: Lucas Uebel / Grêmio)

Bicampeão da América, o Grêmio está na luta pelo seu terceiro título. Na atual disputa, algumas situações acontecem a exemplo daquelas em que o Tricolor saiu campeão. Quem carregava a braçadeira de capitão nos jogos finais em 1983 e em 1995 eram zagueiros. Hugo de León e Adilson Batista levantaram a taça da competição, e nessa edição o zagueiro Pedro Geromel é o capitão e pode erguer a taça fora de casa, na Argentina.

A passagem de Hugo de León pelo Grêmio rendeu bons frutos. O atleta, que chegou ao Tricolor em 1981 e ficou até 1984, conquistou com o clube, logo em seu primeiro ano, o Campeonato Brasileiro. Mas quando o nome do zagueiro uruguaio é citado, logo vem à mente as conquistas da Libertadores da América e do Mundial, dos quais ele levantou as taças como capitão, no ano de 1983.

O ex-atleta é personagem de uma das imagens mais marcantes da história da competição. Após a batalha em campo contra o Peñarol, que deu o titulo inédito ao Grêmio, de León levantou a taça, e acabou se cortando com um prego que havia na mesma, ficando com o rosto ensanguentado. A imagem é utilizada até hoje para ilustrar o espirito guerreiro do clube gaúcho.

Foto: José Ernesto/Divulgação

Doze anos depois, foi a vez de Adilson Batista ficar marcado na história Tricolor. O Capitão América, como ficou conhecido em sua passagem pelo clube, foi o capitão da segunda conquista do Grêmio da Libertadores da América, em 1995.

Além da competição continental, ele foi bicampeão gaúcho, campeão da Recopa Sul-Americana e do Campeonato Brasileiro de 1996. O zagueiro ficou conhecido no clube principalmente por sua liderança em campo.

Em 2017, outro zagueiro, Pedro Geromel pode ter seu nome marcado na história tricolor por levantar a taça da Libertadores da América. O camisa 3 gremista é o atual capitão da equipe, que disputa a decisão da competição nesta quarta-feira.

No clube desde 2013, ele aproveitou espaços e se firmou como o comandante da zaga. No ano passado, o atleta conquistou seu primeiro título com o Grêmio, que saiu pentacampeão da Copa do Brasil. Geromel teve participação importante em um dos gols na primeira partida da conquista, contra o Atlético-MG, dando passe para Éverton marcar. Vale lembrar que boa parte das eliminações pelas quais o Grêmio passou nos últimos anos foi pela ausência do seu zagueiro. Dessa vez, ele atua com Bressan na grande decisão.