Destaque do Grêmio, Arthur lamenta lesão e exalta temporada: “Foi um ano mágico”

Volante celebrou seu grande momento na equipe, mas lamentou a lesão no tornozelo que o deixará de fora do Mundial

Destaque do Grêmio, Arthur lamenta lesão e exalta temporada: “Foi um ano mágico”
(Foto: Marcello Neves/VAVEL Brasil)

Em ótima fase no Grêmio, o volante Arthur é um dos grandes destaques gremistas na temporada. O jovem de 21 anos foi uma das peças fundamentais da equipe de Renato Portaluppi na conquista da Libertadores da América. Na premiação dos melhores do Campeonato Brasileiro 2017, nesta segunda (4), Arthur lamentou a lesão sofrida na última quarta-feira (29), mas também exaltou a sua temporada como um ano mágico.

Arthur falou sobre o grau da sua lesão no tornozelo, que o deixará 45 dias parado. Porém, mesmo fora do Mundial de Clubes, o volante revelou que estará na torcida por seus companheiros. “Estou com uma lesão grau 3 no tornozelo esquerdo. Não vou estar lá (no Mundial de Clubes) fisicamente, mas mentalmente vou estar com meus companheiros. Batalhei bastante para estar junto e infelizmente não vou poder estar, mas vou estar torcendo e mandando energias positivas”, afirmou Arthur.

O jovem também exaltou sua grande fase e ótima temporada que viveu com a camisa do Grêmio em 2017. Quarto lugar no Campeonato Brasileiro com o time e campeão da Libertadores da América, Arthur disse estar vivendo um ano mágico. “Estou vivendo um sonho. Foi um ano mágico para mim e tudo mais do que eu tinha almejado. Estou tentando aproveitar ao máximo esse momento que tem sido muito especial para mim”, destacou o jogador.

Mesmo terminando o ano de forma brilhante e sendo fundamental na equipe de Renato, Arthur não começou o ano tão bem. Com pouco espaço no início, o jogador revelou que aproveitou as chances dadas pelo comandante para desenvolver seu futebol, sendo hoje convocado pela Seleção e campeão da América.

“O ano começou com poucas oportunidades para mim e, ao longo da temporada, Renato foi me dando chances e o grupo me abraçou. Consegui desenvolver meu futebol e quando vi já estava no time titular, convocado para a seleção brasileira e campeão da América”, declarou.

Novamente sobre a lesão, Arthur admitiu ser um momento muito difícil aceitar e ficar fora da equipe, mas que recebeu apoio de todos e vai se preocupar em descansar e recuperar ao máximo para voltar ao Grêmio. “Nesse momento ruim todos me apoiaram. Está sendo duro ficar fora, mas tenho que colocar isso na minha cabeça, descansar e tentar me recuperar o mais rápido para voltar ao Grêmio”, resumiu.

Para encerrar, Arthur ainda foi perguntado sobre as comemorações pelo título da Libertadores e respondeu aos jornalistas em um tom bem humorado. “Acho que um título especial como este merece dias de festa. Vamos comemorar mais um pouquinho, que é merecido, né”, brincou Arthur.

Pelo Campeonato Brasileiro Arthur disputou 26 das 38 partidas do Grêmio. Mesmo sendo de grande importância para a equipe, o volante de 21 anos marcou apenas um gol, mas foi fundamental no meio de campo gremista somando 55 roubadas de bola.