Edilson projeta confronto com Real Madrid: ''Vamos buscar tirá-los da zona de conforto''

Apesar de elenco mais fraco comparado ao time espanhol, Edilson afirma que o time gaúcho irá com força total para buscar o segundo título do Mundial de Clubes

Edilson projeta confronto com Real Madrid: ''Vamos buscar tirá-los da zona de conforto''
Edílson atuando no Mundial de Clubes contra o Pachuca do México. Foto: (Divulgação / Getty Images)

Mesmo com suas limitações, o time comandado por Renato Portaluppi parece não se intimidar com o grande elenco que possui o Real Madrid, mostrando que o clube gaúcho tem condições de dificultar a partida para os espanhóis, que contém no plantel diversos astros do futebol mundial, como o português Cristiano Ronaldo, Bale, Benzema, Modric, Casemiro e outros nomes importantes.

Em entrevista ao Globo Esporte, o lateral-direito Edilson comentou sobre como será a postura do time diante do clube merengue, mostrando-se confiante para conquistar o tão sonhado bicampeonato do Mundial de Clubes, que seria um feito enorme, fechando o ano com chave de ouro.

''A gente pode sofrer e eles também, temos que fazer eles marcar. No momento que a gente só colocar nosso time lá atrás e pensar só em marcar, uma hora vamos sofrer o gol. Temos que pensar em jogar e contra-atacar. Tirar o time deles da zona de conforto. Fazendo eles marcar tenho certeza que nosso jogo vai fluir mais e ao natural eles vão cansar'', comentou na entrevista ao site.

Como está posicionado no mesmo lado que o astro Cristiano Ronaldo, o camisa 2 do time tricolor afirmou que o time sabe da grandeza do clube espanhol, mas se mostra confiante de que o elenco gremista tem condições de fazer uma grande partida. O jogador também lembra que não é somente Cristiano Ronaldo que preocupa, mas sim todo elenco do time merengue.

''Enfrentar um jogador de altíssimo nível, não só ele como toda equipe, não podemos escolher jogador. Qualquer setor tem um jogador de altíssimo nível. Temos que confiar no nosso futebol, que nos trouxe até aqui e que fez com que a gente seja a maior equipe da América no momento. A gente respeita muito eles, mas podemos fazer um grande jogo e sair campeão'', finalizou em entrevista.

O clube gaúcho enfrenta os espanhóis neste sábado em Abu Dhabi às 15h (horário de Brasília), quando decide quem é o campeão do Mundial de Clubes.