Internacional vence Juventude mesmo com um a menos e sai em vantagem no Gauchão

Andrigo marcou o gol que dá a vantagem do empate ao time colorado no segundo confronto, a ser realizado no Beira-Rio

Internacional vence Juventude mesmo com um a menos e sai em vantagem no Gauchão
(Foto: Divulgação/Internacional)
Juventude
0 1
Internacional
Juventude: ELIAS; BRUNO RIBEIRO, WILLIAN KLAUS, HEVERTON E PARÁ (SASSÁ, MIN. 80); WANDERSON (FELIPE LIMA, MIN. 70), ITAQUI (WALLACER, MIN. 59), LUCAS E HUGO; DIEGUINHO E ROBERSON
Internacional: ALISSON; PAULO CÉSAR, PAULÃO, ERNANDO E ARTUR; FERNANDO BOB, FABINHO, ANDERSON (MARQUINHO, MIN. 63) E ANDRIGO (JAIR, MIN. 81); SASHA (RAPHINHA, MIN. 75) E VITINHO
Placar: 0-1, MIN. 21, ANDRIGO
ÁRBITRO: LEANDRO VUADEN (RS). CARTÕES AMARELOS: LUCAS (MIN. 12), HUGO (MIN. 34), ANDERSON (MIN. 36), VITINHO (MIN. 67-68). CARTÕES VERMELHOS: VITINHO (MIN. 68)
INCIDENCIAS: PRIMEIRA PARTIDA DA FINAL DO CAMPEONATO GAÚCHO DE 2016. JOGO REALIZADO NO ESTÁDIO ALFREDO JACONE EM CAXIAS DO SUL.

No primeiro confronto da final do Campeonato Gaúcho 2016, o Internacional saiu na frente do Juventude no estádio Alfredo Jacone, em Caxias do Sul. Vencendo por 1 a 0 com gol de Andrigo, o Internacional fez seu dever fora de casa e conseguiu uma importante vantagem para levar para a decisão no Beira-Rio. Com a vitória, o colorado depende apenas de um empate no Beira-Rio para sair campeão.  O colorado perdeu o atacante Vitinho aos 23 minutos do segundo tempo, após falta no jogador Bruno Ribeiro.

Em uma partida equilibrada com chances para os dois lados, o Internacional foi mais efetivo e venceu o Juventude, com gol de um dos artilheiros da temporada, Andrigo. O atacante colorado marcou o seu quinto gol no campeonato estadual.

Juventude pressiona, mas Andrigo marca para os colorados

Antes mesmo do primeiro minuto da etapa inicial, o time da casa criou uma chance perigosa de abrir o placar com Roberson, mostrando que estava disposto a conseguir um placar favorável diante do seu torcedor. Na sequência, o Internacional fez trocas de passes buscando criar um lance ofensivo. Aos 17 minutos, o Inter teve sua primeira chance clara com um cruzamento de Vitinho, mas o atacante Eduardo Sasha não conseguiu alcançar a bola.

Aos 21 minutos após mais um lançamento de Vitinho, Andrigo chuta com força no ângulo do goleiro Elias, e abre o placar para o time de Porto Alegre. O placar ficou decidido ainda no primeiro tempo.

Com um a menos, Inter segura pressão adversária

Na volta do segundo tempo, logo no primeiro minuto o Internacional criou uma chance clara com o meia Anderson, que recebeu dentro da área e chutou com força para defesa espetacular do goleiro Elias. Aos 23 minutos, após chute nas pernas do jogador Bruno Ribeiro, o atacante colorado Vitinho recebeu seu segundo cartão amarelo e em seguida o vermelho. Mesmo com um a menos, o Internacional segurou o placar, marcando com intensidade a saída de bola do time alviverde.

A segunda partida será realizada no estádio Beira-Rio no dia 08, às 16h. Fora de casa o Juventude precisará fazer no mínimo 1 a 0 para levar a decisão para os pênaltis. Uma vitória com dois gols de diferença dá a taça para o time da serra gaúcha.