Sasha destaca equipe do Internacional: "Crescemos na reta final e conquistamos esse título"

Internacional sagrou-se hexacampeão gaúcho pela terceira vez na história

Sasha destaca equipe do Internacional: "Crescemos na reta final e conquistamos esse título"
Sasha foi autor do primeiro gol do Hexa (Foto:Divulgação/Internacional)

Internacional foi superior ao Juventude e, pela terceira vez na história, carimbou o hexa do Campeonato Gaúcho. Como previsto, foi uma partida bem competitiva, visando um Inter com gana pelo hexa e um Juventude buscando um troféu que, para eles, seria histórico, por igualar o feito bicampeonato do Guarany de Bagé, entre os clubes do interior.

Foram quatro os gols marcados pelo colorado entre as duas finais, sendo um deles marcado em pleno Alfredo Jaconi por Andrigo e, os outros 3 em casa, somados por Sasha, Paulão e Gustavo Ferrareis, respectivamente. Colorado soube se aproveitar das falhas alviverdes.

Sendo o autor do primeiro gol colorado no Beira-Rio, Eduardo Sasha fez com que sua comemoração fosse bastante repercutida, dentro e fora de campo. Atleta comemorou seu gol dançando uma valsa, em uma possível provocação aos 15 anos sem títulos do rival, Grêmio. Porém, segundo Sasha, foi apenas uma comemoração natural.

"Foi uma comemoração de jogo. O gol foi totalmente para a minha mãe, que está ali. Esse título é para ela", declarou.

Quanto ao título Gaúcho, conquistado pela sexta vez consecutiva pelo colorado, Sasha deu méritos ao crescimento da equipe durante todo campeonato, tendo muitos jogadores oriundos da base. Atleta ainda destacou que a equipe alvirubra cresceu nas eliminátórias.

"A gente teve oscilações durante o campeonato. Está formando uma equipe nova, com jogadores jovens subindo. Sofremos críticas no início, mas crescemos na reta final, principalmente na fase eliminatória e conquistamos esse título importante", avaliou.

Comandados de Argel Fucks, voltarão atuar diante da Chapecoence já em partida válida pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Equipe tem toda semana pela frente para focar e se preparar para esse ínicio de campeonato que, para Paulão, equipe tem que acelerar a "200km/h".

A receita (para o início do Brasileirão) é começar acelerando, a 200 quilômetros por hora. Qualquer equipe que começa assim, vê diferença no final. Mas hoje é comemorar esse título do Gauchão, ainda teremos uma semana para nos prepararmos para o Brasileirão", finalizou.