No Beira-Rio, Internacional e Chapecoense estreiam no Brasileirão

Partida marca a despedida do goleiro Alisson do Colorado

No Beira-Rio, Internacional e Chapecoense estreiam no Brasileirão
Em novembro passado, Chape fez 1 a 0 em SC com gol de Ananias (Foto: Ricardo Duarte/ S.C. Internacional)
Internacional
Chapecoense
Internacional: Alisson; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho, Sasha, Andrigo e Vitinho; Aylon. Técnico: Argel Fucks
Chapecoense: Danilo; Gimenez, Rafael Lima, Thiego e Dener; Josimar, Gil, Cleber Santana, Ananias e Lucas Gomes; Kempes. Técnico: Guto Ferreira
ÁRBITRO: Nielson Nogueira Dias (PE), auxiliado por Bruno Boschilia (PR) e Clovis Amaral da Silva (PE)
INCIDENCIAS: Partida válida pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro 2016, no Beira-Rio, em Porto Alegre

O Brasileirão 2016 começa no final deste domingo (15) para Internacional e Chapecoense. Gaúchos e catarinenses duelam a partir das 18h30, no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela primeira rodada da competição.

No último fim de semana, as duas equipes se sagraram campeãs estaduais. No RS, o Colorado bateu o Juventude por 3 a 0 e confirmou a vantagem adquirida no jogo de ida. Em Chapecó, o Verdão do Oeste ficou no 1 a 1 com o Joinville e, devido a vitória de 1 a 0 fora de casa, levantou o caneco.

Na temporada passada, os comandados de Argel Fucks terminaram o certame nacional na quinta posição, quase na zona de classificação à Libertadores. Por outro lado, a Chape ocupou o 14º lugar.

Argel mantém base mas muda peça no ataque

Sob comando de Argel Fucks, o Internacional tem uma equipe ideal definida. Diante do Verdão, porém, o treinador não poderá colocar em campo os 11 que considera titulares por um desfalque importante: lesionado, Anderson fica fora por problema muscular não detalhado pelo clube.

Apesar de realizar atividades fechadas para a imprensa durante a semana, o comandante colorado não fez nenhum mistério com relação ao time. Habituado a atuar pela direita da linha de três ofensiva, Andrigo centraliza para que Vitinho e Sasha caiam pelos lados. Na referência, fica Aylon.

''Centralizado, o Andrigo até rende mais, porque se movimenta bem, pode finalizar de longe e dar a assistência. Temos jogadores versáteis. Será importante a movimentação dos quatro na frente'', analisou Argel.

''Treino solidário'' na véspera do confronto no Gigante (Foto: Ricardo Duarte/S.C. Internacional)

A partida, muito provavelmente, marca a despedida do goleiro Alisson. Não é segredo que o guardião da meta vermelha, formado no Beira-Rio, está de saída para a Roma, da Itália. O arqueiro da Seleção Brasileira realiza o último compromisso com a camisa colorada antes de deixar a vaga nas mãos de Danilo Fernandes, recém-chegado do Sport.

Nas palavras do próprio técnico do Inter, a escalação confirmada para a estreia: ''Continuamos com a mesma ansiedade de sempre. O time que joga tem Alisson; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho, Sasha, Andrigo e Vitinho; Aylon. Esse é o time que começa a partida contra a Chapecoense''.

Manter o embalo do Catarinense é o desejo da Chape

Desde que debutou entre os 20 clubes da elite do futebol brasileiro, a Chapecoense costuma ser sensação. Campanhas surpreendentes levaram o Verdão do Oeste de Santa Catarina até uma disputa internacional diante do River Plate, na Copa Sul-Americana 2015. Na atual temporada, o objetivo é seguir batendo de frente com os gigantes.

Integrante do elenco alviverde nos últimos anos, o goleiro Danilo falou a respeito do momento: ''O nível aumenta muito e tem que errar o mínimo possível. São jogos mais difíceis. O grupo está muito bem, está confiante e vão chegar novas contratações. Tenho certeza que vamos fazer um grande Campeonato Brasileiro''.

Criado nas categorias de base do Internacional, o volante Josimar foi outro a comentar a situação: ''O grupo se fortaleceu muito nos dois últimos jogos. Precisamos estar sempre preparados e saber que qualquer ponto é decisivo para a reta final do campeonato''.

O técnico Guto Ferreira deve mandar a Chapecoense ao gramado do Beira-Rio com Danilo; Gimenez, Rafael Lima, Thiego e Dener; Josimar, Gil, Cleber Santana, Ananias e Lucas Gomes; Kempes.