Sasha faz dois e Inter bate São Paulo no Morumbi com um a menos

São Paulo chega a empatar com Lugano aos 41 minutos, mas Inter faz aos 44' e conquista vitória fora de casa

Sasha faz dois e Inter bate São Paulo no Morumbi com um a menos
Foto: Divulgação/Internacional
São Paulo
1 2
Internacional
São Paulo: Denis; Bruno, Maicon, Lugano, Matheus Reis; Hudson, Wesley (Rogério), PH Ganso; Centurion (Alan Kardec), Calleri, Kelvin (Lucas Fernandes). Edgardo Bauza.
Internacional: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando, Artur; Fernando Bob, Anselmo (Nilton), Fabinho, Andrigo (Alex); Eduardo Sasha, Vitinho (Bruno Baio). Argel Fucks.
Placar: 0-1, Sasha (37'); 1-1, Lugano (41' do segundo tempo); 1-2, Sasha (44' do segundo tempo).
ÁRBITRO: Péricles Bassols. Amarelos: Calleri (6'), Anselmo (7'), Lugano (19'), Fernando Bob (27'), Artur (2' do segundo tempo), Wesley (18' do segundo tempo), Hudson (24' do segundo tempo), Ernando (29' do segundo tempo), Alex (40' do segundo tempo). Vermelho: Alex (40' do segundo tempo).
INCIDENCIAS: Partida válida pela 2ª rodada do Brasileirão 2016, realizada no Estádio do Morumbi.

Na tarde desse domingo (22), o São Paulo recebeu a equipe do Internacional no Morumbi, em partida válida pela 2ª rodada do Brasileirão 2016.

O Internacional saiu vitorioso por 2 a 1. Os gols do jogo foram marcados por Eduardo Sasha (2x) e Lugano para o São Paulo. Com a vitória os colorados chegam aos quatro pontos, enquanto o Tricolor Paulista continua com os três conquistados diante do Botafogo. 

Na próxima rodada, o São Paulo enfrenta o Coritiba no Paraná, enquanto o Internacional recebe o Sport no Beira Rio. 

Primeiro tempo equilibrado e Inter abrindo o placar

A primeira etapa da partida foi equilibrada, com o Internacional um pouco a frente dos donos de casa. O time colorado mostrou-se mais organizado e preciso nos 45 minutos iniciais.

Porém, foi o São Paulo que começou melhor a partida. Após cobrança de falta cometida em Kelvin, Calleri cabeceou para fora. Pouco depois, Fernando Bob falhou na saída de bola e o atacante argentino quase marcou: driblou Paulão, mas adiantou a bola e Ernando cortou. Na sequência do lance, Kelvin arriscou de fora para boa defesa de Danilo Fernandes.

Centurión, dentro da área, recebeu bom cruzamento de Kelvin, mas o camisa 20 tricolor não cabeceou bem e a bola saiu por cima do gol. Em resposta as chegadas do São Paulo, Andrigo caiu bem pela direita e deu belo passe para Sasha, que não conseguiu bom domínio e Lugano cortou a jogada.

Do outro lado, novamente Calleri: o camisa 12 do São Paulo desarmou o zagueiro Paulão, entrou na área, entretanto, Paulão recuperou-se e tirou a bola do argentino. Pouco depois, Anselmo finalizou de longe, assustando o goleiro Denis.

Sasha sofreu falta próximo a entrada da área. Na batida, Vitinho cobrou na barreira e no rebote chutou para longe do gol defendido por Denis. O Inter chegava bem coletivamente e após jogada pela esquerda, a bola sobrou para Paulão na direita, que foi à linha de fundo e cruzou para Andrigo, travado na finalização. Do outro lado, Centurión recebeu de Wesley e arriscou de longe.

Aos 37 minutos, após grande jogada de Vitinho, Sasha abriu o placar. Vitinho puxou toda a marcação e achou Sasha sozinho, que só esperou a saída de Denis para finalizar. Pouco depois, Hudson tentou voleio em rebote de escanteio.

São Paulo pressiona, empata aos 41, mas Inter faz aos 44 e alcança vitória

O segundo tempo foi de domínio tricolor, mas no final os visitantes saíram vitoriosos. O São Paulo começou pressionando e logo no primeiro minuto assustou o goleiro Danilo Fernandes: Kelvin deu bom drible e bateu cruzado. Pouco depois, Ganso cobrou falta e Calleri deu puxada e bola saiu por cima do gol colorado.

Calleri apareceria novamente, da direita Bruno cruzou para o argentino cabecear bem e obrigar Danilo Fernandes a fazer grande defesa. Como resposta, após cobrança de escanteio da direita, Nilton cabeceou perigosamente.

O São Paulo continuava pressionando, e depois de cobrança de escanteio de Kelvin, a bola sobrou para Centurión, que ajeitou e chutou forte para mais uma belíssima defesa do novo goleiro do Internacional. Após novo escanteio, Lugano cabeceou mal e bola saiu à direita de Danilo.

O time de Bauza buscava o empate. Paulo Henrique Ganso puxou contra-ataque, acionou Centurión na esquerda. O camisa 20 do São Paulo cruzou na área, a bola chegou em Kelvin, que finalizou e a zaga colorada cortou. Em resposta, depois de bobeada da defesa são-paulina, Alex arriscou de fora da área e quase pegou Denis adiantado.

Pouco depois, novamente Alex, dessa vez de falta. O camisa 12 colorado chutou forte para boa defesa de Denis. Alex seria personagem aos 40 minutos, quando cometeu falta em Ganso. O meia do Inter, na queda de Ganso, foi atingido pela chuteira do camisa 10 tricolor e reclamou muito do lance, sendo expulso da partida. Na cobrança da falta, Lugano cabeceou para empatar a partida, aos 41’.

O São Paulo iria para cima para tentar a vitória. Porém, foi o Inter que chegou a vitória, aos 44 minutos. Bruno errou passe no ataque, William puxou contra-ataque, entrou na área e achou Sasha na direita, o camisa 9 bateu bem e fez o segundo dele e do Internacional, decretando a vitória colorada.