Internacional vence Santos na Vila e termina rodada na vice-liderança

Técnico Argel acerta nas substituições e termina com a invencibilidade santista de dez meses sem perder na Vila Belmiro

Internacional vence Santos na Vila e termina rodada na vice-liderança
(Foto: Reprodução/Internacional)
Santos
0 1
Internacional
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Luiz Felipe e Zeca; Thiago Maia, Renato, Vitor Bueno, Rafael Longuine e Paulinho; Joel.
Internacional: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho e Gustavo Ferrareis; Andrigo e Sasha; Vitinho
Placar: 0-1 Aylon (38'2ºT)
ÁRBITRO: André Luis de Freitas Castro auxiliado por Fabrício Vilarinho da Silva e Cristian Passos Sorence
INCIDENCIAS: Quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2016 na Vila Belmiro em São Paulo

Na noite deste domingo (29), Internacional e Santos se enfrentaram na Vila Belmiro, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2016.

O técnico Argel Fucks resolveu ir bastante ofensivo, fazendo um esquema com 4-2-3-1 sendo três volantes com Fabinho, Gustavo Ferrareis e Fernando Bob. Assim o time foi a campo escalado com os jogadores Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho e Gustavo Ferrareis; Andrigo e Sasha; Vitinho.

O Santos foi a campo com Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Luiz Felipe e Zeca; Thiago Maia, Renato, Vitor Bueno, Rafael Longuine e Paulinho; Joel. Com desfalques de Gabriel e Lucas Lima, que estão com a Seleção Brasileira no Estados Unidos. Ricardo Oliveira também foi chamado, mas foi cortado por lesão, e o zagueiro Gustavo Henrique também foi desfalque por ter sido expulso no empate de 2 a 2 contra o Figueirense.

Inter marca bem e controla primeira etapa

Primeiro tempo muito equilibrado, Santos e Inter atacando, com alguns lances individuais que fizeram o Inter ter mais posse de bola. Aos sete minutos, a zaga colorada foi para o ataque e Ernando quase marcou para o Inter, com uma jogada de Paulão. Depois o Peixe começou a marcar muito e pressionar a saída de bola adversária, mas a equipe colorada conseguiu neutralizar a ofensividade santista e controlou a marcação, fazendo alguns desarmes importantes no meio de campo.

Aos 16, William fez um contra-ataque muito rápido e cruzou para Fabinho na área, mas faltou mira e a bola foi para a linha de fundo novamente. Desde então o jogo não ficou mais equilibrado e sim dominado completamente pelo Internacional. Aos 37, quase um golaço colorado. Sasha chutou, mas o goleiro santista defendeu e, de rebote, Vitinho chutou e mandou para linha de fundo marcando chute de goleiro. No próximo minuto, William fez falta em Tiago Maia e recebeu cartão amarelo. Fim de primeiro tempo.

Argel acerta nas substituições e arranca vitória perto do fim do jogo

No segundo tempo, o Inter foi sem alterações, já o Santos mudou para a entrada de Ronaldo Mendes e saída de Rafael Longuine. Com 14 minutos, o Inter já tinha chutado a gol três vezes, sem nenhum chute a gol do Santos.

Aos 16, William avançou pela lateral e passou para Vitinho que mandou para Ferrareis que não chegou a tempo. Somente aos 17 que o goleiro colorado teve que se mexer e fez uma defesa tranquila. Logo depois num contra-ataque rápido veio um chute com perigo do Santos, mas acabou indo para a linha de fundo.

Aos 25, mudou o Inter para a saída de Andrigo e entrada de Alex. Depois da saída de Andrigo, o meio de campo colorado perdeu um pouco a força, o que fez com que a equipe do Peixe conseguisse suavizar a superioridade do Internacional. Mas aos 37, Argel mudou a equipe para a entrada de Aylon no lugar de Vitinho. No primeiro toque de bola, Aylon abriu o placar, marcando o único gol do jogo aos 38. No final, Sasha fez uma ótima jogada e cruzou para área, mas Aylon desperdiçou a chance de ampliar o marcador. Fim de jogo na Vila Belmiro.

O próximo jogo do Internacional será contra o Atlético-PR no estádio Beira-Rio, quarta-feira (1), às 19h30.