Internacional apresenta Leandro Almeida e libera Nilton para acerto com time japonês

Novo reforço do Beira-Rio foi apresentado nesta quinta-feira (9). Na mesma tarde, o volante Nílton viaja ao Japão para acertar com o Vissel Kobe

Internacional apresenta Leandro Almeida e libera Nilton para acerto com time japonês
Foto: Divulgação / Internacional

Nesta quinta-feira (9), o Internacional apresentou mais um reforço para a disputa do Campeonato Brasileiro. Trata-se do zagueiro Leandro Almeida, que estava no Palmeiras. O jogador chega para defender o colorado até o final da temporada de 2016, por R$ 120 mil mensais.

Em entrevista coletiva na apresentação,o novo reforço colorado declarou: "Estou muito feliz em vestir a camisa do Internacional, e quero conquistar títulos aqui.'' Em outro trecho, o jogador acredita que irá mostrar qualidade ao torcedor: "Acredito que nos jogos e nos treinamentos irei mostrar para a torcida que tenho qualidade. Estou num clube muito grande, com uma torcida imensa", disse.

Inter libera Nilton ao Vissel Kobe

No mesmo dia que anunciou a contratação do ex-defensor do Palmeiras, o Inter enfim entrou um acordo com o time Vissel Kobe do Japão, pelo volante Nílton. Em maio,o time japonês havia mostrado interesse no jogador, oferecendo o montante de R$ 8 milhões, o dobro que o Inter pagou ao Cruzeiro. Se passar nos exames médicos, que serão realizados na cidade de Kobe, Nílton assinará contrato de três anos com o time treinado pelo ex-colorado, Nelsinho Baptista.

O jogador pertencia ao Cruzeiro e chegou no colorado em 2015 por R$ 4 milhões. Assim que assinou contrato, Nílton assumiu a titularidade e se destacou com boas atuações no time do Inter, mas após ser flagrado no exame antidoping em setembro de 2015, junto com o jogador de mesma posição, Wellington, que não pertence mais ao Internacional.

O volante ganhou punição de 5 meses de afastamento dos gramados; em dezembro do mesmo ano, o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) aumentou a pena em um mês. Os advogados do Inter alegaram que os jogadores haviam ingerido a substância acidentalmente.

Após seis meses afastado, o jogador voltou a atuar pelo Inter no segundo tempo de São Paulo x Internacional, em maio pelo Campeonato Brasileiro, mas por conta da negociação com o time asiático ficou de fora de mais partidas do time gaúcho. O Internacional tem 50% dos direitos do atleta, e fica com a metade da quantia (R$ 4 milhões) oferecida pelo time japonês, Vissel Kobe.