Com dois gols de Aylon, Internacional bate América-MG e assume liderança provisória

Placar de 3 a 1 mantém o Colorado brigando na parte de cima da tabela; Coelho pode cair algumas posições dentro do Z-4

Com dois gols de Aylon, Internacional bate América-MG e assume liderança provisória
Foto: Rodrigo Duarte/SCInternacional
Internacional
3 1
América-MG
Internacional: Danilo Fernandes; William, Alan Costa, Ernando, Artur (Geferson, min. 84); Fernando Bob, Fabinho, Gustavo Ferrareis (Rodrigo Dourado, min. 34), Alex (Anderson, min. 59); Aylon, Vitinho. Técnico: Argel Fucks.
América-MG: João Ricardo; Helder, Sueliton, Adalberto, Danilo; Ernandes (Tiago Luis, min. 67), Juninho, Leandro Guerreiro (Sávio, min. 83), Eduardo (Alan Mineiro, min. 58); Osman, Borges. Técnico: Sérgio Vieira.
Placar: 1-0, min. 02, Aylon. 2-0, min. 06, Aylon. 2-1, min. 19, Adalberto. 3-1, min. 27, Ernando.
ÁRBITRO: Luiz Flávio de Oliveira (SP). Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (SP), Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP). Amarelos: Internacional - Fernando Bob, Artur. América-MG - Leandro Guerreiro, Helder.
INCIDENCIAS: Partida válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro 2016, realizada no Gigante da Beira-Rio, em Porto Alegre/RS. Público pagante: 15.640. Público presente: 18.028. Renda: R$ 448.317.

Com dois gols relâmpago e contando com uma tarde nada feliz da defesa adversária, o Internacional venceu o América-MG por 3 a 1 na tarde deste sábado (11) no Gigante da Beira-Rio, em Porto Alegre/RS, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro 2016. Aylon, aos dois e aos seis minutos do primeiro, colocou o Colorado na frente. Adalberto, aos 19 minutos diminuiu para o Coelho e na segunda etapa, aos 27 minutos, Ernando deu números finais ao marcador.

O resultado mantém o Internacional brigando pelo topo do campeonato, com 16 pontos.  Já o América-MG caiu para o 18º lugar e pode voltar à lanterna da competição. As duas equipes voltam a campo no meio de semana, pela oitava rodada. O Inter recebe o Atlético-MG no Beira-Rio, na quinta-feira (16), às 19h30. O América vai até Volta Redonda/RJ para encarar o Botafogo no estádio Raulino de Oliveira, na quarta-feira (15), às 21h.

Aylon marca dois gols para o Inter em 6 minutos, mas América reage

O começo de jogo deu a impressão de um massacre. Logo aos dois minutos, a rede já balançou. Após lançamento de Fabinho, William chegou na velocidade antes que a bola saísse pela linha de fundo, cruzou e Aylon, de primeira, mandou no canto direito de João Ricardo. 1 a 0 Inter. A defesa americana batia cabeça, errando grotescamente seu posicionamento. Não demorou para que o segundo gol surgisse.

Em mais um lançamento em profundidade nas costas da zaga, Artur avançou pela esquerda de ataque e já dentro da área, cruzou e Aylon, novamente pegando de primeira, colocou a bola no fundo do gol. Seis minutos, 2 a 0 Inter. No minuto nove, aconteceu uma homenagem para Fernandão, em que os torcedores se levantaram e gritaram seu nome. A morte do eterno camisa 9 colorado completou dois anos na última terça-feira (7).

Após os primeiros dez minutos, o Coelho se recuperou dos golpes sofridos e conseguiu construir sua primeira jogada ofensiva. Helder lançou para Juninho, que tentou o cruzamento duas vezes. Na primeira, a zaga colorada tirou. Na segunda, Borges, sozinho no meio da área, complementou de cabeça para difícil defesa de Danilo Fernandes. Embalado no ataque, o América conseguiu seu gol.

Falta cobrada por Eduardo em direção a grande área. Em meio ao bate-rebate, a bola sobrou para Adalberto dominar e mandar no ângulo da meta do Internacional. 18 minutos, 2 a 1 no placar. O América perdeu boa chance de empatar logo na sequência. Após jogada de Osman, Danilo chutou de longe e obrigou o xará a espalmar para escanteio. A partir daí, os times se alternaram no campo de ataque, com pouca efetividade na criação e o placar de 2 a 1 prevaleceu ao fim da primeira etapa.

Coelho queria empate, mas Inter marcou e a vitória se consolidou

Já no primeiro minuto do segundo tempo, o América-MG dava indícios de que iria em busca do empate. Osman, mesmo em meio a dois marcadores, achou espaço para cruzar. Eduardo, dentro da área, finalizou para fora. Seguindo em cima, Danilo levantou em direção a área, mas Alan Costa afastou de cabeça, gerando escanteio. Na cobrança curta de Alan Mineiro, Danilo novamente recebeu e cruzou, mas desta vez Fernando Bob afastou. Novo escanteio e, desta vez, Alan Mineiro alçou. Aos trancos e barrancos, a zaga colorada afastou.

Em substituição a Alex, Anderson retornou ao time com direito a faixa de capitão. Em sua primeira jogada, tabelinha com Gustavo Ferrareis que invadiu a grande área, afastada pela defesa. Em nova tabela, o meia devolveu para William, que não alcançou o passe, que saiu pela linha de fundo. William se redimiu poucos minutos depois. Após falta sofrida por Ferrareis, ele cruzou da direita na cabeça de Ernando, que desviou para marcar o terceiro gol do Inter. 27 minutos, 3 a 1 Colorado.

Baqueado pelo resultado, o América ainda viu o Inter perder grande chance com Vitinho. Ganhando de Adalberto na velocidade, o atacante ainda teve a oportundade de driblar o defensor e o fez. Ao arrematar, um chute forte que explodiu no travessão de João Ricardo. Em sua última pontada para diminuir o placar, Coelho parou em Danilo Fernandes. De Osman para Alan Mineiro. Este deu um passe em profundidade que achou Sávio cara a cara com o goleiro colorado, que fez grande defesa e manteve a vitória em 3 a 1.