Danilo Fernandes brilha e Internacional reassume liderança ao bater desesperado Atlético-MG

Vitória deixa equipe colorada com 19 pontos, no topo da tabela do Campeonato Brasileiro

Danilo Fernandes brilha e Internacional reassume liderança ao bater desesperado Atlético-MG
Eduardo Sasha comemora primeiro gol do Inter (Foto: Divulgação/Internacional)
Internacional
2 0
Atlético-MG
Internacional: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando, Geferson (Paulo Cezar, min 75); Rodrigo Dourado, Fabinho, Gustavo Ferrareis, Alex, (Anderson, min 62); Vitinho (Aylon min 70), Eduardo Sasha.
Atlético-MG: Victor; Carlos Cesar (Clayton, min 62), Gabriel, Leonardo Silva, Douglas Santos, Rafael Carioca, Júnior Urso, Patric, Robinho (Hyuri, min 86); Carlos (Carlos Eduardo, min 71), Fred
Placar: 1-0, min 34, Eduardo Sasha. 2-0, min 69, Vitinho
ÁRBITRO: Pericles Bassols Pegado Cortez (PE) apita, auxiliado por Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) e Cleberson do Nascimento Leite (PE)
INCIDENCIAS: Partida realizada na noite desta quinta-feira (16), pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2016, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre/RS.

O começo do Campeonato Brasileiro não poderia ser mais empolgante para o torcedor colorado, na noite de hoje o Internacional não tomou conhecimento do Atlético-MG e venceu por 2 a 0. Eduardo Sasha e Vitinho foram os autores dos gols que rendeu a sexta vitória do Inter em oito partidas. O Galo, por sua vez, continua sua sina. Com apenas uma vitória no campeonato a equipe mineira faz compania a Cruzeiro, América-MG e Sport na zona de rebaixamento.

Com uma das melhores atuações até aqui no campeonato o colorado foi absoluto no jogo e no placar, ainda de positivo ressalta-se a boa atuação de Rodrigo Dourado, que voltava de lesão e a importância da entrada de Anderson, que melhora consideravelmente o time. No lado do Galo fica o alerta, apesar de ter o que muitos consideram o melhor elenco do Brasil, a equipe conquistou apenas uma vitória em nove partidas até agora.

No próximo domingo (19), o Internacional viaja até Santa Catarina para enfrentar o Figueirense, partida que marca o reencontro de Argel com seu ex-clube. O Atlético-MG busca recuperação no Horto contra a Ponte Preta. O jogo também acontece no domingo, às 11 da manhã.

Internacional pressiona e Sasha abre contagem

Menos de um minuto, foi esse tempo que o Internacional levou para criar a primeira chance clara de gol, após boa jogada de Alex, Eduardo Sasha ficou na cara do gol, o atacante tentou encobrir Victor, mas acabou também encobrindo o gol. Aos oito minutos novamente Alex apareceu no jogo, o meia colorado chutou forte de fora da área obrigando Victor a fazer uma boa defesa.

O Atlético perdido em campo apenas se defendia, em certo momento no primeiro tempo ouve um bate boca forte entre Robinho e Rafael Carioca. Quando a bola rolava o Inter era quem chegava com perigo, aos 31 minutos Ernando quase abriu o placar, na mesma jogada, Rodrigo Dourado também perdeu a chance de fazer o gol. Um minuto depois a bola entrou, porém o gol foi anulado, em boa jogada colorada com passes rápidos e envolventes, Sasha invadiu a área e rolou para Ferrareis chutar, o meia colorado não pegou bem na bola e serviu mais como assistência para Vitinho em posição de impedimento empurar para as redes, gol bem anulado pela arbitragem.

Mas o gol colorado que já estava maduro finalmente saiu, aos 34 minutos Vitinho cruzou rasteiro para Sasha que sem goleiro teve apenas o trabalho de empurar a bola para as redes, 1 a 0 Inter.

Atlético-MG pressiona, mas Inter sacramenta vitória

A bronca do treinador Marcelo Oliveira com toda a certeza foi forte no intervalo, o clube mineiro voltou com outra postura na segunda etapa e tentou empurar o Inter para o campo de defesa. Aos nove minutos Robinho obrigou Danilo Fernandes a fazer a primeira defesa dificil na partida. Robinho tentou novamente quatro minutos mais tarde, mas Danilo mostra o porque a torcida confia tanto nele, o arqueiro colorado fez uma grande defesa e evitou o empate.

O tempo foi passando e o Internacional retomou as "rédeas" do jogo e começou a controlar a partida. Foi quando Anderson deu uma bela arrancada e deixou Vitinho completamente livre na área ampliar o placara para 2 a 0, neste momento eram jogados 29 minutos.

O galo sentiu o gol e o Inter esteve muito próximo de marcar o terceiro em duas oportunidades, primeiro com Aylon aos 34 minutos que puxou um contra ataque sozinho desde o campo de defesa, o jovem colorado parou na boa defesa de Victor. Sasha aos 45 minutos perdeu uma chance incrível de ampliar o placar, após vacilo na saída de bola da defesa atleticana, o atacante colorado ficou completamente livre e tocou na saída de Victor, a bola caprichosamente bateu na trave. Antes disso Danilo Fernandes parou Robinho novamente evitando o gol de honra do Galo.

Com o apito final o Inter conquista a quarta vitória seguida em casa, em 15 pontos disputados até agora, o colorado somou 13.