Falcão comenta empate com Ponte Preta e defende jogadores: "Não sentiram os gols"

Técnico Falcão e vice de futebol, Pellegrini, falaram sobre desempenho do time

Falcão comenta empate com Ponte Preta e defende jogadores: "Não sentiram os gols"
(Foto: Divulgação / S.C. Internacional)

Na manhã deste domingo (24), Internacional duelou contra a Ponte Preta, às 11h, no estádio Moisés Lucarelli. O Colorado e a Macaca empataram em 2 a 2, com gols de Valdívia e Ariel para o Inter e Roger e Wendel para a Ponte.

O vice de futebol do Internacional, Carlos Pellegrini falou sobre o empate e sobre o time retornar a fazer gols: "Foi quase uma vitória esse empate, estávamos com um a menos." Pellegrini também destaca os gols terem vindo com jogadores que estão a recém buscando espaço no time: "É uma nova fase que vai iniciar, temos um jogo fundamental contra o Corinthians na nossa casa."

Quem também falou sobre o empate na partida foi o técnico Falcão: "A minha preocupação quando a gente tomou o segundo gol, era que o time ia sentir. E não sentiu, nem com a expulsão do Fernando Bob."

Falcão falou sobre os treinamentos da equipe para o jogo e também sobre o campeonato: "Tivemos seis treinamentos. Compactação de time é uma coisa muito complicada. Quero ressaltar a reação deles (jogadores). Eles não sentiram os gols do adversário, eles saíram pra buscar jogo."

O treinador destacou também a tabela do campeonato: "Minha preocupação é olhar pra cima. Temos três jogos e mais todo segundo turno. Não temos que nos preocupar com quem está atrás."

O comandante colorado também pediu o apoio da torcida: "Espero que domingo que vem o Beira-Rio esteja lotado. Os jogadores estão merecendo esse afago".

O Próximo jogo do Inter é contra o Corinthians, no estádio Beira-Rio, às 16h.