Com portões fechados, Falcão encaminha um Inter modificado contra Corinthians

O estreante Nico López e o meio campista Seijas devem estar entre os titulares de Falcão para o confonto

Com portões fechados, Falcão encaminha um Inter modificado contra Corinthians
Falcão conduz treino fechado (Foto:Divulgação/Internacional)

O treinamento em secreto do Internacional, foi levado muito a sério por Falcão que, na manhã desta sexta-feira(29), tratou de convidar cada funcionário do clube para aguardar o término do treinamento do lado de fora do estádio Beira-Rio. Com isso, somente sua comissão técnica e seus comandados têm convicção de quem vai atuar.

As dúvidas quanto a formação colorada para este domingo(31) diante do Corinthians, continuam soando forte entre os torcedores. Afinal, com a suspensão de BobFabinho será obrigado a deslocar-se para sua posição de origem, enquanto PC Magalhães e o jovem uruguaio, Rak, disputam o lado direito do gramado. Pela esquerda, Geferson e Artur duelam pela titularidade.

Outra alteração na equipe principal, será o engresso de Nico López, a promessa uruguaia recém chegada ao colorado. Com seu engresso, os demais atacantes, Vitinho, Sasha e Valdívia lutam por uma ou duas vagas ao seu lado. No meio de campo, Seijas deve recompor o elenco.

Em sua coletiva, Falcão mostrou-se convicto a cerca do time que irá a campo neste final de semana. Segundo ele, deste o meio da semana a escalação está descrita em sua cabeça. O mesmo ademais aproveitou para ditar seu modelo de jogo e, ainda ênfatizar a escalação de um Inter mais compacto e trabalhado.

"O time já está definido, mas em questão de respeito aos profissionais que trabalham comigo, eu gosto de falar pra eles primeiro. Se você sai com 3 atacantes, evidentemente que eles têm que ajudar na marcação. Não significa que o time vai ficar vulnerável, mas o importante é que a gente tenha uma compactuação. Tudo isto está sendo pensado e trabalhado, e a gente espera que isso dê um resultado adequado."

Quanto ao estado emocional de seus comandados, o treinador disse estar melhorando a cada treino, bem por conta do empate diante da Ponte Preta que, para ele, deu um combustível a mais para a equipe no campeonato. Contudo, o mesmo acredita que a vitória virá apenas em consequência de uma boa atuação.

"Ninguém nega que é um jogo importante. Eu não coloco o jogo de domingo como temos que ganhar, mas tem que jogar bem", avaliou.

Neste sábado serão ajustados os últimos detalhes antes da partida em seus domínios, a ser realizada neste domingo(31), às 16h, diante do 3° colocado, Corinthians. O Internacional é o único time que não vence a cinco partidas e está fora do rebaixamento. Time se encontra na 11° colocação.