Lamentando nova derrota, Falcão fala em falta de confiança do elenco colorado

Desde sua volta ao comando do Inter, Falcão ainda não conseguiu vencer

Lamentando nova derrota, Falcão fala em falta de confiança do elenco colorado
(Foto: Ricardo Duarte / S.C Internacional)

Na tarde deste domingo (31) em casa, diante de 34mil torcedores, O Internacional perdeu mais um jogo, desta vez diante do Corinthians, com isso a equipe gaúcha atingiu a sua pior sequência na história do Campeonato Brasileiro, já são nove jogos sem vencer, com dois empates e sete derrotas. Elias fez o gol que garantiu a vitória Corinthiana em Porto Alegre.

Após o jogo o técnico Falcão lamentou a derrota, mas garantiu que o grupo de jogadores estão indignados com essa sequência ruim do time e estão fazendo o melhor possível:

"Continuamos acreditando. Sinto isso no vestiário pelas reações. Entendo o torcedor. Não gosto da agressividade. Acho que temos que ter as manifestações normais. É um momento difícil, mas as dificuldades são para as pessoas maiores", destacou o comantente colorado.

O técnico ainda falou das dificuldades do jogo de hoje e vê evolução da equipe, porém a falta de confiança do grupo ainda atrapalha o desenvolvimento do futebol:

"Eu disse no dia 13 que era um trabalho, recuperar o emocional. Contra a Ponte Preta deu retorno o empate, e o time cresceu. Hoje, tivemos a dificuldade no jogo. Enfrentamos, em três jogos, dois times que estão na ponta. Times que estão mais bem preparados do que nós. Quando eu falo sem confiança, é um time que está buscando. O resultado não vem, não tem como jogar com naturalidade. Está dentro do processo."

Falcão ainda falou da semana de trabalho que teve, mas lamentou que ainda não foi o suficiente:

"Hoje, estava confiante de que faríamos um bom jogo pela semana. Mas o Corinthians é um time que está brigando. Então às vezes a gente tem que olhar o adversário. Claro que, para isso, a gente tem que olhar jogando bem. Você pode jogar bem e perder porque o adversário jogou melhor. Mas não jogamos bem."

Após o jogo o vice presidente de futebol do Inter, Carlos Pellegrini, pediu dispensa do cargo após um ano a frente do Inter. Pellegrini havia assumido o cargo em 2015, após a morte de Luiz Fernando Costa, então o vice de futebol. Com isso o atual presidente do Inter, Vitório Piffero assume também esse cargo.

Com a derrota o Inter de Falcão cai para 13ª na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro com 21 pontos e o próximo jogo da equipe gaúcha será fora de casa contra o Cruzeiro. Pelo fato de o estádio Mineirão estar cedido para os jogos olímpicos, o jogo será realizado na Arena Independência.