Internacional encaminha retorno do lateral Ceará junto ao Coritiba

Lateral-direito será primeira contratação de Vitório Píffero como vice de futebol

Internacional encaminha retorno do lateral Ceará junto ao Coritiba
(Divulgação / Coritiba)

O Internacional acertou nesta segunda-feira (1) a contratação do lateral-direito Ceará, que pertencia ao Coritiba. O gerente de futebol do Coxa confirmou à Rádio Gaúcha a negociação, e garantiu que o jogador será liberado para atuar com a camiseta colorada. O lateral pode chegar ainda nesta noite à Porto Alegre, aonde jogará até o final da temporada de 2017.

Ceará tem 36 anos, foi campeão da Libertadores da América e do Mundial de Clubes com o Inter em 2006, e volta ao clube dez anos depois de sair. O jogador que foi campeão brasileiro com o Cruzeiro nos anos de 2013 e 2014, atualmente estava defendendo o time paranaense, Coritiba. O atleta chega ao Inter para cumprir um contrato que vai até o final da temporada de 2017; os valores da negociações ainda não foram divulgados.

O lateral-direito viajaria com a delegação paranaense para Salvador, onde o Coxa enfrenta o Vitória pelo Campeonato Brasileiro, mas foi dispensado da viagem. O Internacional não confirmou o acerto, já o presidente do Coritiba, Rogério Bacellar, afirmou a existência e disse que a transferência dependeria da vontade do jogador. O gerente de futebol, Alex Brasil, falou sobre o assunto:

"O Inter nos fez uma proposta muito boa para um jogador de 36 anos. Aceitamos. O jogador concordou em ir. Tiramos o atleta da viagem e, assim que chegar o pagamento, liberamos a transferência do atleta", confirmou Alex.

A esposa do atleta, Fernanda,  também falou com a imprensa sobre o acerto:

"Sim, fiquei sabendo pelo meu filho. Acabei de voltar de viagem. Mas acredito que ele deve ir (para Porto Alegre) nos próximos dias", disse Fernanda.

Segundo a imprensa gaúcha, o jogador pode chegar em Porto Alegre ainda nesta noite para assinar o contrato com o Colorado. Esta é a primeira negociação do Internacional, após Vitório Piffero assumir o cargo de vice de futebol.