Internacional volta atrás e decide contratar lateral-direito Ceará

Vice-presidente Fernando Carvalho garantiu contar com lateral de 36 anos que estava no Coritiba

Internacional volta atrás e decide contratar lateral-direito Ceará
(Foto:Divulgação/S.C Internacional)

A direção do Internacional comunicou através do vice-presidente Fernando Carvalho que voltará atrás na contratação do lateral-direito Ceará, de 36 anos.

Após ele ter sido reprovado nos exames e ser diagnosticado com lesão na coxa, o Inter teria desistido da contratação do jogador e estariam prontos para rescindir o contrato. Mas o Coritiba, clube no qual Ceará pertencia, teria ameaçado o Colorado de recorrer à justiça por já ter assinado a rescisão, e não teriam como contratá-lo novamente.
 
O Internacional também procura manter os gastos econômicos baixos, porque após a demissão de Argel Fucks, o clube teve que pagar um alto valor ao técnico por multa de rescisão de contrato. O mesmo teria acontecido com Falcão.

A nova direção do Internacional com Fernando Carvalho, Ibsen Pinheiro e o técnico Celso Juarez Roth teve um custo muito alto ao clube, pois os novos dirigentes abriram mão de suas atividades em outros setores para se dedicarem somente ao Inter.

Por exemplo, o diretor Ibsen Pinheiro estava no cargo de deputado estadual, e teria trancado seu cargo na Assembléia para voltar sua atenção apenas para o clube colorado: "Um convite do Inter é uma convocação." E para rescindir mais um contrato (com Ceará), o clube teria que pagar mais uma multa de valor alto.

Então para evitar custos e fortalecer o elenco, o novo Vice-presidente do Internacional, Fernando Carvalho, teria assegurado nesta quarta-feira (10) que o lateral de 36 anos será mantido no clube, com contrato até o fim de 2017.

Marcos Albuquerque, o Ceará, atuou pelo Inter no ano de 2006, o ano mais importante da história do Internacional. Pelo Colorado, o lateral tem a Copa Libertadores da América, e o Mundial de Clubes da FIFA. Ceará virou um jogador muito respeitado pela torcida colorada, pois foi ele quem marcou e pressionou a saída de bola de Ronaldinho Gaúcho, no jogo contra o Barcelona na final do Mundial.

Ceará também virou ídolo do clube francês Paris Saint-Gemain após ter conquistado a Liga Francesa, a Copa da França e a Supercopa da França pelo clube europeu. Atualmente o lateral estava no Coritiba, do Paraná, e rescindiu contrato há pouco tempo para que pudesse retornar ao Inter.

Infelizmente o jogador ficará à disposição do técnico Celso Roth somente a partir do mês de setembro, pois está tratando uma lesão na coxa e deve ser mantido fora dos próximos jogos.

O Internacional enfrentará a Chapecoense às 20h, na segunda-feira (15), na Arena Condá, em Chapecó.