Carvalho avalia empate com Santa Cruz e pensa próximos desafios: "Consequência do futebol"

Goleiro Danilo Fernandes e vice Fernando Carvalho comentaram partida contra o lanterna do campeonato e já miram próximos confrontos

Carvalho avalia empate com Santa Cruz e pensa próximos desafios: "Consequência do futebol"
(Foto: Divulgação/S.C. Internacional)

Na noite de sábado, Internacional recebeu em casa o Santa Cruz pela 33ª rodada do campeonato brasileiro. A partida terminou empatada em 1 a 1 com gols de Vitinho para o Inter e Leonardo Moura para o Santa.

O que parecia uma solução para o Colorado, virou uma noote dramática. Com o gol de Vitinho no início do primeiro tempo, tudo parecia se encaixar para o Internacional, tudo parecia para o caminho certo, o caminho da vitória. Este seria o jogo para o Inter ficar mais afastado da zona de rebaixamento. Mas tudo mudou com o gol do Santa Cruz, depois disso o time pareceu perdido, errando gols, fazendo faltas, e então Eduardo Henrique foi expulso, o que prejudicou mais ainda o esquema colorado.

O goleiro Danilo Fernandes defendeu o empate, e destacou o segundo tempo 'bem feito' do Inter: "Nos dá mais confiança ainda. Com um a menos, pressionar o tempo todo o Santa Cruz não é fácil. Merecíamos ter vencido. Vamos levantar a cabeça e sair dessa, com certeza. O campeonato é complicado, o Santa Cruz soube se defender muito bem. Perdemos um jogador, mas mesmo assim ficamos o segundo tempo inteiro no campo deles." disse o goleiro.

Vice-presidente do Internacional, Fernando Carvalho comentou sobre a partida

Carvalho destacou a partida como boa, mas lamentou o empate: "O Santa Cruz impôs grande dificuldade, e o Inter não jogou bem o primeiro tempo. Depois, houve uma expulsão, o que nunca está programado, tivemos de jogar com 10, insistimos, mas não teve do que reclamar." disse o vice-presidente de futebol do Internacional.

Carvalho também lamentou a expulsão de Eduardo Henrique e parabenizou o Santa Cruz pela boa partida: "Futebol apresenta essas situações. A história apresenta esse tipo de coisa. Este ano mesmo cito exemplos como contra o América-MG, Vitória, que tem menor qualidade e nos ganhou aqui, mas não podemos esmorecer. Na próxima partida a torcida vai nos apoiaa novamente e vamos buscar trabalhar para melhorar."

Agora, o vice de futebol declarou que o time irá jogar um desafio após o outro e comentou sobre a lesão do atacante Vitinho: "Temos pessoas que cuidam disso, que avaliam essa parte, e hoje temos o Vitinho lesionado, isso acontece, faz parte. É uma sequência de jogos, é muito apertado. Um em cima do outro, é competição, é estado emocional, é cobrança. Isso acaba afetando o rendimento dos jogadores, e consequentemente algum jogador acaba não jogando. Entramos com cinco titulares no jogo anterior e no próximo certamente teremos alguns reservas, é consequência do futebol."

A próxima partida do Internacional no Brasileiro é contra o líder Palmeiras, domingo (6), às 17h, no Allianz Parque em São Paulo.