Internacional recorre ao STJD com pedido de análise do caso Victor Ramos

Caso seja confirmada irregularidade do atleta durante Campeonato Brasileiro, Colorado estaria livre do rebaixamento

Internacional recorre ao STJD com pedido de análise do caso Victor Ramos
Inter pede análise ao STJD devido à caso Victor Ramos (Foto: Divulgação/E.C.Vitória)

Mesmo com um clima nada favorável no campeonato e com as incertezas do certame devido a tragédia envolvendo a Chapecoense, o Internacional busca comprovar perante o STJD a falta de prudência do Vitória quanto a possível escalação irregular de Victor Ramos em 26 de suas partidas oficiais. Caso o ocorrido se confirme, este será o escape de sua permanência na elite A do Campeonato Brasileiro.

O fato é que o clube encaminhou nesta quinta-feira (1) para o Superior Tribunal de Justiça Deportiva um documento contendo o pedido de uma análise à situação do atleta Victor Ramos no decorrer do campeonato. O pedido foi encaminhado à presidência da instituição, a qual tomará posição se haverá ou não denúncia por irregularidade no vínculo do atleta ao Vitória.

Colorado busca comprovar irregularidade por parte do clube bahiano na escalação do atleta no campeonato estadual e em boa parte do Campeonato Brasileiro. O pedido será analisado no prazo de três dias úteis pela instituição. Por outro lado, contra o posicionamento vermelho, a CBF reafirma que a escalação do jogador está e sempre esteve correta.

O pedido foi encaminhado devido à suspeita de falhas no registro da tranferência de Victor no início da temporada. Tudo começou após o jogador vinculado ao Monterrey-MEX ser emprestado ao Palmeiras e, logo após, ter sido cedido ao Vitória diretamente pelo clube paulista. Com isso, o acordo foi concretizado como uma tranferência completamente nacional.

A decisão de forçar um "tapetão" para continuar na elite do Brasileiro desagradou a boa parte do torcedor colorado. Torcedores analisaram que este não era o momento para se envolver em problemas judiciais por respeito ao luto em Chapecó e, também, mostraram-se ainda mais indignados em decorrência das declarações mal elaboradas por partes de seus dirigentes quanto à possível fuga do rebaixamento.