Internacional demonstra interesse em reforçar time com meia Camilo do Botafogo

Com pouco espaço e em baixa no Botafogo, meio-campista surge como possível reforço do Colorado

Internacional demonstra interesse em reforçar time com meia Camilo do Botafogo
(Foto: Satiro Sodré/SSPress/Botafogo)

Desde o começo da Série B do Campeonato Brasileiro 2017 a torcida pede um substituto para D'alessandro, ou até mesmo um jogador que atue junto com o argentino na meia-cancha do Internacional. Até o momento, a solução para este problema é caseira. O menino Juan Alano tem entrado em algumas partidas e mostrado bom futebol. Mas por ser um jogador muito jovem, nota-se que o mesmo precisa amadurecer um pouco mais para poder sentir o peso de substituir, ou jogar ao lado do ídolo Colorado. 

Com cerca de 14 contratações para a temporada, mais um nome circula nos entornos do estádio Beira Rio. Camilo, ex-jogador da Chapecoense e atualmente no Botafogo, é o novo nome que circula como possível reforço do Inter. Tudo porque na última sexta-feira (14), o diretor executivo do Inter, Jorge Macedo esteve no Rio de Janeiro, para fazer os primeiros contatos com a direção do clube carioca sobre interesse no meio-campista.

A negociação está em um estágio inicial. As tratativas iniciaram entre os clubes devido à procura de atletas no mercado. Assim como o Inter está interessado em atleta que atue no meio-campo (Camilo), o Botafogo tem interesse em um atacante. Sendo assim, pode se concretizar uma 'troca de favores". O Brenner chegou a ser especulado no Engenhão, mas a direção do Celeiro de Ases vetou a ida do centroavante ao Rio. Após uma proposta do clube francês Nice ficou ainda menos provável que Brenner, que deve ter seu futuro definido até a próxima quinta-feira (13), vista a camisa do Alvirrubro. O Internacional ofereceu o atacante Eduardo Sasha por Camilo, mas a direção botafoguense descartou a possibilidade.

Outro motivo para que possa ser explicada a negociação é a falta de espaço que Camilo sofre no Botafogo. Desde a chegada de Jair Ventura, o meia foi tendendo em poucas oportunidade e hoje é a terceira opção no setor de criação, atrás de João Paulo e do jovem Marcos Vinícius. Mesmo assim, o Botafogo não pretende abrir mão do atleta de forma fácil.