Inter pressiona, marca duas vezes e supera Oeste no Beira-Rio

Internacional vence Oeste no Beira-Rio em jogo que teve até sal grosso no gramado

Inter pressiona, marca duas vezes e supera Oeste no Beira-Rio
(Foto: Ricardo Duarte / S. C. Internacional)
INTERNACIONAL
2 0
OESTE
INTERNACIONAL: DANILO FERNANDES; FABINHO (JUNIO), DANILO SILVA (LÉO ORTIZ), KLAUS E UENDEL; CHARLES, EDENÍLSON E D'ALESSANDRO; EDUARDO SASHA (FELIPE GUTIERREZ), NICO LÓPEZ E WILLIAM POTTKER. TÉCNICO: GUTO FERREIRA.
OESTE: RODOLFO; WILLIAN CORDEIRO, RODRIGO SAM, LEANDRO AMARO E VELICKA (DANIEL BORGES) (HENRIQUE); LÍDIO, BETINHO E MAZINHO; DANIELZINHO, JHEIMY (ALEXANDRO) E GABRIEL VASCONCELOS. TÉCNICO ROBERTO CAVALO.
Placar: 1-0, MIN.44, EDUARDO SASHA; 2-0, MIN. 68, UENDEL;
ÁRBITRO: Cláudio Francisco Lima E Silva, auxiliado por Cleriston Clay Barreto Rios e Ailton Farias da Silva.
INCIDENCIAS: Jogo válido pela 17ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2017, sendo disputado no estádio Beira Rio, em Porto Alegre/RS

Nada como jogar bem diante da torcida para espantar a crise. Foi assim a noite do Internacional no estádio Beira Rio. Recebendo o Oeste, em jogo válido pela 17ª rodada da competição, só a vitória interessava para equipe de Guto Ferreira e ela veio. Com um gol em cada etapa, o Colorado garantiu os três pontos e a volta para o G4 da Série B. Eduardo Sasha e Uendel marcaram os gols da partida.

Com a vitória, o Internacional volta, parcialmente, para o G-4 da Série B. O Inter soma 27 pontos na 4ª colocação, mas ainda pode perder posição na rodada. O Oeste permanece na 10ª colocação com 23 pontos e também pode perder a posição na rodada.

O Internacional agora tem uma semana para se preparar para o próximo jogo. O time volta a campo na próxima terça-feira (1º) em casa diante do Goiás. O Oeste também jogará em casa na próxima rodada. O time de Itápolis recebe o ABC na Arena Barueri na terça-feira (1º).

Primeiro tempo de pressão do time Colorado

Tentando se aproveitar do mal momento vivido pelo time do Internacional, o Oeste iniciou o jogo melhor e tentando empurrar o time da casa para o campo de defesa. Logo na primeira chance de jogo da partida, aos dois minutos, Mazinho cobrou escanteio no meio da área e encontrou Gabriel Vasconcelos, que finalizou para fora, assustando a defesa Colorada. Após o susto, o Inter começou a crescer na partida e conseguiu colocar o Oeste todo no campo de defesa, sofrendo poucos ataques.

Com a bola nos pés, o Inter tentava chegar de todas as maneiras, mas a defesa do Oeste não deva espaço para os Colorados criarem. A primeira grande chance do Inter na partida veio aos 10 minutos. Fabinho, pelo lado direito, cruzou para a área e Nico López não alcançou a bola, que sobrou para Eduardo Sasha. O camisa 9 finalizou de primeira, obrigando o goleiro Rodolfo fazer uma grande defesa. Logo após, o ataque Colorado veio um susto. Em uma bola tranquila para Danilo Fernandes, o goleiro furou na hora chutar para frente, mas a defesa do Inter conseguiu afastar o perigo.

Os principais ataques do Inter na primeira etapa surgiram após jogadas pelo lado direito. Aos 18 minutos, D’Alessandro abriu espaço e cruzou para a área e encontrou o volante Charles, que cabeceou com muito perigo para fora. Quando tentou o ataque pelo lado esquerdo, D’Alessandro encontrou Eduardo Sasha na área. Mesmo marcado, o atacante conseguiu finalizar de calcanhar e Rodolfo, no reflexo, efetuou mais uma grande defesa.

Assustado com a pressão do Inter, o Oeste se fechou na defesa e dificultou os ataques do Inter. Sem ter por onde chegar por baixo, Colorado passou a tentar por cima. A jogada deu certa aos 44 minutos. Fabinho dividiu bola com o marcador e ganhou, na sobra Edenílson encontra Nico López que cruza na medida para Eduardo Sasha, de cabeça, abrir o placar para o Inter. A torcida Colorada presente no Beira Rio aplaudiu o time na saída para o intervalo, coisa que não acontecia a muito tempo.

Inter administra e garante vitória na segunda etapa

Com o placar favorável para a segunda etapa, o Internacional conseguiu colocar a bola no chão e controlar as tentativas de ataque do time de Itápolis. O Oeste só foi levar perigo para o Inter aos 15 minutos. Após vacilo de Charles no meio campo, a bola sobra com Jheimy que lança Gabriel Vasconcelos, mas a bola desviou na zaga e ficou nos pés de Danielzinho que finalizou. Danilo Fernandes atento a jogada fez a defesa. Fabinho, que fazia boa partida, saiu lesionado. Jogador torceu o joelho. Guto Ferreira lançou Junio no lugar do volante.

Mesmo com a vantagem no placar o Inter continuou buscando os ataques na segunda etapa. O segundo gol Colorado na noite desta terça-feira saiu aos 23 minutos após muita insistência. Nico López recebeu bom passe dentro da área e tentou dar um balãozinho no goleiro, mas Rodolfo evitou o lance, na sobra a bola cai nos pés de Uendel que tenta encobrir o goleiro e a bola bate no travessão. Novamente a bola caiu nos pés de Nico López, que bateu em cima da defesa, no rebote, Uendel chuta firme e consegue furar o bloqueio do Oeste, marcando o seu primeiro gol com a camisa do Internacional.

Com a vitória encaminhada, Guto Ferreira optou por se defender e lançou o volante Felipe Gutierrez na vaga do atacante Eduardo Sasha, que saiu aplaudido. E foi só na vitória colorada no estádio Beira-Rio.

Sport Club Internacional