Internacional passa trabalho com ausência de zagueiros titulares

Colorado gaúcho entrou em campo pela rodada da Série B e não contou com argentino Victor Cuesta e o lesionado Klaus

Internacional passa trabalho com ausência de zagueiros titulares
Argentino Victor Cuesta em treino pelo Inter (Foto: Ricardo Duarte / Internacional)

No jogo contra o Paraná, o Internacional foi a campo com a zaga reserva, já que o argentino Victor Cuesta estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo e seu companheiro Klaus se recupera de cirurgia. Além deles, Ernando também esteve fora da partida. Danilo e Ortiz foram os escolhidos para atuar pelo Colorado.

Há uma desconfiança muito grande quanto aos dois que, nas oportunidades que tiveram, não deram uma boa resposta para Guto Ferreira. No jogo, ambos não fizeram uma má partida, mas como a torcida tem perseguição com eles, e com razão, foram bem criticados. Houve alguns erros individuais, mas o Inter em si errou muito. Por exemplo, a perseguição de Charles na bola aérea que originou o gol do Paraná Clube.

No segundo tempo, a zaga não foi exigida, já que o Paraná ficou praticamente o tempo todo atrás. Ortiz fez boas interceptações no primeiro tempo, até salvando possíveis gols do Paraná. Danilo Silva foi o mais criticado entre os dois.

Os torcedores tinham uma expectativa muito grande quando o zagueiro chegou, mas o mesmo não vem mostrando o futebol que fez o clube o contratar. A torcida colorada não está com confiança nessa dupla de zaga e pede que, na Série A do ano que vem, o presidente Marcelo Medeiros traga reforços para a posição, pois a exigência será muito maior. Tirando Victor Cuesta e Klaus, o restante não passa confiança aos colorados.

Sport Club Internacional