Edenilson reitera foco em garantir acesso: "Não podemos deixar tranquilidade virar apatia"

Após resultados ruins, meia colorado considera que grupo passa por ansiedade e que é natural pela aproximação do objetivo de voltar para Série A

Edenilson reitera foco em garantir acesso: "Não podemos deixar tranquilidade virar apatia"
(Foto: Ricardo Duarte / Divulgação / Internacional)

Após empate em casa em 0 a 0 contra CRB, o Internacional amargou mais uma rodada sem vitória dentro do Beira-Rio. No jogo anterior da Série B 2017, o time havia perdido para o Ceará por 1 a 0. Marcando passo em seus domínios, o Colorado vê a aproximação de adversários ficar possível. O América-MG joga neste sábado (4) fora de casa contra o Guarani, buscando encurtar a liderança vermelha em apenas dois pontos de diferença. Para garantir o acesso, faltam duas vitórias e o Inter planeja isso, segundo o volante Edenilson.

O meia colorado comentou sobre a situação atual do grupo: "Não podemos baixar a guarda agora. É um momento importante da competição. Estamos perto do nosso objetivo e temos que lutar até o final”, iniciou sua análise.

O próximo adversário busca fugir do rebaixamento, mas Edenilson quer foco total no compromisso e alertou: "A gente tem que respeitar a equipe do Luverdense, mas saber que com a grandeza do Inter a gente pode buscar a vitória lá".

Segundo Edenilson, o grupo está mobilizado para conquistar o acesso o quanto antes. Ele analisou o tema com um dos problemas do novo século na sociedade: a ansiedade. "É normal. Somos seres humanos e não tem como não ter ansiedade. Tivemos momentos muito difíceis esse ano e a gente vê o objetivo próximo e quer chegar logo.”

Por fim, lamentou o resultado e virou a chave ao próximo compromisso do Colorado: "É um momento de ter calma, mas não podemos deixar essa tranquilidade virar apatia dentro de campo. Não ocorreu hoje. Buscamos o resultado, mas infelizmente mais um dia em que não deu.”