Damião marca duas vezes, mas Inter fica no empate com Luverdense no Passo das Emas

Colorado esteve duas vezes atrás no placar, mas Leandro Damião garantiu a igualdade no Mato Grosso

Damião marca duas vezes, mas Inter fica no empate com Luverdense no Passo das Emas
Foto: Divulgação / S.C. Internacional
Luverdense
2 2
Internacional
Luverdense: Diogo, Aderlan, Pablo, William, Paulinho, Ricardo, Marcos Aurélio (Aloam), Sergio Motta (Aderlan), Douglas, Rafael e Alfredo.
Internacional: Danilo Fernandes; Winck, Ortiz, Thales e Uendel; Dourado, Edenílson, D'Alessandro (Roberson), William Pottker e Eduardo Sasha (Camilo); Damião (Nico López)
Placar: 1-0, Alfredo. 1-1, Damião. 2-1, Marcos Aurélio. 2-2, Damião
INCIDENCIAS: Partida válida pela 34ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2017, disputada no estádio Passo das Emas em Lucas do Rio Verde (MT).

O Internacional duelou com a Luverdense fora de casa pela 34ª rodada do Brasileirão da Série B 2017. Em duelo desta segunda-feira (6), o Colorado buscou confirmar seu acesso, enquanto o time de Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso, queria sair da zona de rebaixamento de vez. Mas nenhum se aproximou de seus objetivos, apesar do jogo frenético. Com muitas finalizações e muita movimentação pelos dois lados, o placar final ficou em 2 a 2. Alfredo e Marcos Aurélio, ex-Inter, para Luverdense. Leandro Damião duas vezes para salvar o Colorado.

O Inter agora soma 63 pontos e pode ser alcançado pelo América-MG, que duela com o ABC. A Luverdense chegou aos 40 pontos. Na próxima rodada, o Inter recebe o Vila Nova. Enquanto isso, a Luverdense duela com o Paraná Clube. Ambos os adversários dos times desta segunda-feira são postulantes ao acesso através do G-4.

Gol relâmpago e primeiro tempo frenético

Logo no primeiro minuto, o gol relâmpago. Jogada pela direita com o veloz Aderlan e Alfredo aproveitou de dentro da pequena área para colocar nas redes. Surpresa com a Luverdense em vantagem no primeiro giro do cronômetro. A resposta foi quase imediata. Escanteio de D'Alessandro pela direita e Damião cabeceou para Diogo Silva espalmar espetacularmente.

O jogo era frenético. Jogada em velocidade mais uma vez da Luverdense e o chute foi travado na defesa para sair em escanteio. Mas o Inter não descansava, não desistia. Pottker conseguiu finalização na área, Diogo Silva estava na jogada, mas foi marcado somente o tiro de meta. Tudo isso antes dos 7 minutos.

Aos 10', Douglas Baggio saiu na correria pela direita de ataque, encarou a marcação e chutou rasteiro para Danilo pegar firme. O jogo tinha de tudo. D'Alessandro conduziu pelo meio e bateu de canhota, mas Diogo Silva dessa vez foi quem segurou firme. No ritmo alucinante, jogada pela direita do colorado, bola centralizada e D'Ale bateu de primeira para Diogo Silva fazer linda defesa no canto.

Aos 14' Pottker recebeu pela direita, cortou para o meio e Diogo Silva espalmou o chute forte. O goleiro da Luverdense era metralhado no jogo. Aos 17', Sérgio Motta recebeu com espaço e o meia arriscou com muito perigo, jogando ao lado da trave do preocupado Danilo Fernandes. O ritmo finalmente decaiu e não houve finalizações até os 28 minutos, quando Damião recebeu e carimbou a defesa, saindo a bola em escanteio.

Com meia hora, saída rápida em contra-ataque dos locais, Rafael Ratão arrematou de canhota, Danilo espalmou e Alfredo perdeu de cabeça no rebote, em chance incrível. Aos 33 minutos, o empate. Cruzamento preciso de Pottker e Damião cabeceou ao fundo das redes: 1 a 1.

O Inter tomava conta do jogo e Pottker e Winck obrigaram Diogo a defender mais duas bolas com firmeza em lances incisivos. Damião, de cabeça, e D'Alessandro, de canhota, mandaram mais finalizações para Diogo Silva demonstrar boa atuação. A Luverdense segurou o resultado até o último minuto da etapa inicial.

Luverdense volta à frente, mas Damião salva o Inter na noite

Na arrancada do segundo tempo, D'Ale lançou para Pottker nas costas da defesa, mas o atacante errou em bola. O Luverdense foi fatal na resposta. Cruzamento forte demais, a jogada foi escorada para trás e Marcos Aurélio chutou firme e rasteiro: 2 a 1. Mas o Inter queria mais. Aos 6 minutos, jogada no fundo de campo, Uendel foi quem finalizou primeiro, a zaga rebateu, mas Damião chutou para o fundo das redes: 2 a 2.

D'Alessandro cobrou falta aos 8 minutos, a bola passou pelos candidatos a marcar, mas houve impedimento do zagueiro Thales. Aos 10 minutos, os jogadores se estranharam e saíram cartões para Sérgio Motta e Edenilson. Aos 11 minutos, jogada trabalhada com Sérgio Motta e Ratão chutou colocado para Danilo espalmar a bola por cima do travessão, em grande defesa.

D'Alessandro foi ao fundo aos 12 minutos pela direita da área, cruzou fechado e o goleiro Diogo Silva saltou bonito para defender firme. Cada minuto trazia uma surpresa. Douglas Baggio atacou pela Luverdense e mandou um chute cruzado pela linha de fundo, passando à frente da pequena área a oportunidade.

Pottker quase virou o jogo ao receber grande bola na direita da área, bateu de primeira e com força, mas Diogo Silva fez ótima defesa para espalmar. A defesa da Luverdense completou no rebote para jogar para escanteio.

Aos 18 minutos, Alfredo recebeu ótima bola, invadia a área pela esquerda, mas mandou direto nas placas de publicidade localizadas na linha de fundo. Outra chance da Luverdense veio em troca de passes, até a finalização pela linha de fundo na quina da grande área, aos 22 minutos. No Inter, Nico López já havia entrado no lugar de Damião e a segunda troca foi o ingresso de Camilo na vaga de Sasha.

Virando bolas na casa dos 30 minutos, a Luverdense rondou a área com perigo, mas não conseguia concluir para voltar à frente. Danilo Fernandes espalmou um cruzamento fechado na chance mais considerável àquela altura. A última chance foi uma cobrança de falta de Paulinho. O jogador cobrou com categoria, mas acertou o travessão e ninguém completou no rebote. O jogo chegou ao final no animado 2 a 2, cheio de oportunidades e movimentação intensa.