Internacional não deve contar com artilheiro Damião em jogo decisivo contra Vila Nova

Atacante colorado não treinou nesta quinta-feira devido a desconforto muscular e dificilmente entra em campo no sábado; Carlos treinou com titulares

Internacional não deve contar com artilheiro Damião em jogo decisivo contra Vila Nova
Foto: Divulgação / S.C. Internacional

O Internacional enfrenta o Vila Nova neste sábado (12) em jogo que pode ser o mais importante da temporada, pois uma vitória poderá sacramentar de forma matemática o seu retorno para Série A, desde que na sexta feira à noite Oeste ou Paraná percam pontos em seus jogos, contra Juventude e Luverdense, respectivamente.

Além do adversário que também luta por uma vaga na Série A, o time de Guto Ferreira terá um importante desfalque para a partida: Leandro Damião. O camisa 22 do colorado vem sendo peça chave na arrancada do clube durante a Série B, tanto que o treinador Guto Ferreira armou um esquema tático propício para o centroavante.

A ausência do artilheiro do Internacional na competição é muito sentida, prova disso são os últimos resultados quando o colorado não pode contar com o atacante: derrota para o Ceará em casa por 1 a 0 e empate sem gols com o Boa Esporte em Varginha.

Um substituto para "Damigol", como é chamado carinhosamente pela torcida, vem sendo um problema gigante para o Guto. Nico López, Roberson e até Pottker foram testados para substituir o atacante colorado e não foram bem. Neste sábado, a oportunidade será dada ao atacante Carlos que treinou entre os titulares nesta quinta-feira. Mesmo assim é unanimidade dentro do Beira-Rio que o grupo não tem um jogador com as mesmas características que Damião e Guto terá que se desdobrar para achar uma solução a esse desfalque.

No sábado, o Colorado recebe o Vila Nova, no Beira-Rio, pela 35ª rodada da Série B. A partida pode enfim sacramentar o acesso à Série A, a depender da combinação de resultados. Além da vitória em casa, a equipe rubra do Sul depende ao menos de um empate do Oeste com o Juventude, no Alfredo Jaconi.