Inter cede empate ao Vila Nova e adia novamente retorno à Série A

Colorado saiu na frente no primeiro tempo, mas, logo no início da segunda etapa, Tigre igualou o placar

Inter cede empate ao Vila Nova e adia novamente retorno à Série A
Foto: Ricardo Duarte/Internacional
Internacional
1 1
Vila Nova
Internacional: DANILO FERNANDES; CLÁUDIO WINCK, THALES, LÉO ORTIZ E UENDEL; RODRIGO DOURADO, EDENÍLSON E D'ALESSANDRO; WILLIAM POTTKER (CAMILO), LEANDRO DAMIÃO (CARLOS) E EDUARDO SASHA (NICO LÓPEZ). TÉCNICO: GUTO FERREIRA.
Vila Nova: LUÍS CARLOS; MAGUINHO, ALEMÃO, WESLEY MATOS E GASTÓN FILGUEIRA; GEOVANE, FAGNER (HEITOR), RUAN E ALAN MINEIRO; ANDERSON LUÍS(LEO RODRIGUES) E LOURENCY (TIAGO ADAN). TÉCNICO: HEMERSON MARIA.
Placar: 0-1, CLAUDIO WINCK, 1-1, RUAN.
ÁRBITRO: Dyorgines Jose Padovani de Andrade, auxiliado por Fabiano da Silva Ramires e Vanderson Antonio Zanotti.
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELA 35ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE B, REALIZADA NO ESTÁDIO BEIRA-RIO.

Buscando acesso antecipado à Série A, o Internacional recebeu o Vila Nova na tarde deste sábado. Em partida válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B, o Colorado saiu na frente, com gol de Carlos Winck, mas o Vila Nova chegou ao empate com Ruan.

O empate custou ao Inter o acesso antecipado e também a liderança da séria B, já que o América-MG venceu sua partida diante do Figueirense, chegando aos 66 pontos. Com o ponto ganho, o Colorado ficou com 64, ocupando a vice-liderança. Já o Vila Nova permanece na sexta posição. Com o empate de hoje, o clube somou 54 pontos.

Inter sai na frente com gol de Winck

O Internacional começou a partida buscando criar jogadas de ataque, o Vila Nova por sua vez veio fechado, para impedir a ultrapassagem colorada.  Aos 7 minutos de jogo, a torcida colorada vibrou com bela jogada de D’Alessandro. O capitão colorado tirou a defesa visitante para dançar e deixou o lateral Maguinho no chão após aplicar o drible la boba, na sequência ele passou para William Pottker, que bateu prensado na defesa.  

Empurrado pela torcida, o Colorado continuava no ataque para abrir o placar. E o gol saiu aos 11. Em jogada de bola parada pela direita, D’Alessandro cobrou falta na segunda trave e Dourado desviou em cima da defesa do Vila Nova, que não afastou, então Cláudio Winck aproveitou para mandar a bola para o fundo do gol.

O Vila Nova, que, até então, jogava apenas no campo de defesa, onde conseguia trocar alguns passes, foi ataque. Aos 19 minutos, Alan Mineiro deixou a marcação para trás e finalizou em cima de Uendel. Logo depois, aos 21, Geovane aproveitou sobra na área e bateu cruzado, Maguinho apareceu mas não chegou a tempo de finalizar.

Se no começo de jogo o Vila Nova apresentava postura defensiva, passada a metade do primeiro tempo, a equipe de Hemerson Maria passou a aproveitar os espaços deixados pelo time da casa, mas ainda sem qualidade no passe. Já o Colorado diminuiu o ritmo, trabalhando pouco a bola no pé e abusando das jogadas pelo alto, que não surtiam efeito.

O fim do primeiro tempo foi mais equilibrado, com as duas equipes bem postadas defensivamente e apostando no contra-ataque. Com apenas um minuto de acréscimo, a etapa acabou com resultado favorável para a subida do Intenacional à serie A.

Ruan garante o empate para o Vila Nova

Logo no início da segunda etapa o Vila Nova jogou um balde de água fria na felicidade Colorada. Após Maguinho fazer boa jogada e sofrer falta, Alan Mineiro cobrou na área, Thales cortou, mas a bola sobrou para Ruan, que de voleio mandou para o gol, deixando tudo igual na partida.

Buscando marcar para garantir a vitória e o acesso antecipado à Série A, o Internacional voltou a atacar com perigo. Aos 13, D’Alessandro cobrou escanteio pela direita, achando Thales que cabeceou forte, fazendo a bola passar perto do travessão.

Chegada a metade do primeiro tempo as equipes apresentavam equilíbrio em campo. Tanto o Inter quanto o Vila Nova buscavam espaços para ir ao ataque. Aos 25, Camilo recebeu na área e após fazer o giro finalizou para o goleiro Luis Carlos espalmar. A resposta do adversário veio logo em seguida, após lançamento de Maguinho, Ruan finalizou, levando perigo a Danilo Fernandes, que fez a defesa.

Aos 35 minutos, o Vila Nova chegou perto de conseguir a virada. Alan Mineiro partiu em contra-ataque pelo lado esquerdo e deixou Maguinho na cara do gol, para Danilo Fernandes fazer a defesa. No rebote, o jogador visitante se atrapalhou e mandou a bola para fora.

Na tentativa de responder, Rodrigo Dourado escapou bem pelo meio, mas o passe para D’Alessandro não teve sucesso. Enquanto o Colorado buscava chances de ataque para ficar na frente do placar, o Vila Nova aproveitava as oportunidades que tinha para matar tempo e segurar o empate.

Na reta final o Inter ainda colocou uma bola no travessão. Aos 48, D’Alessandro cruzou na área e Carlos finalizou de cabeça, para acertar o travessão. A partida acabou empatada.